UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/06/01/bin-hammam-protesta-por-nao-participar-de-eleicao-presidencial-da-fifa.htm
  • Bin Hammam protesta por não participar de eleição presidencial da Fifa
  • 20/08/2017
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
01/06/2011 - 08h43

Bin Hammam protesta por não participar de eleição presidencial da Fifa

Das agências internacionais
Em Zurique (Suíça)
  • Bin Hammam foi acusado de participar de esquema de compra de votos e foi suspenso pela Fifa

    Bin Hammam foi acusado de participar de esquema de compra de votos e foi suspenso pela Fifa

Mohammed bin Hammam protestou por não participar da eleição para presidência da Fifa, nesta quarta-feira. O presidente da Confederação Asiática (AFC) retirou sua candidatura no fim de semana, pouco antes de ser suspenso devido ao seu suposto envolvimento em um escândalo de corrupção.

O qatariano seria o concorrente de Joseph Blatter no pleito. No entanto, com a punição imposta a Bin Hammam, o suíço viu seu caminho livre para assegurar mais um mandato como presidente da Fifa.

“Estou triste e decepcionado pelas coisas que aconteceram nos últimos dias. Não aceitarei que meu nome e minha reputação sejam destruídos. Lutarei por meus direitos. Os bons momentos te trazem felicidade; os maus te dão experiência”, afirmou Bin Hammam em carta divulgada nesta quarta.

O presidente da AFC foi acusado de participar de um esquema de compra de votos para a eleição presidencial da Fifa. Jack Warner, presidente da Concacaf, também foi acusado de envolvimento no caso e foi suspenso de todas as atividades ligadas ao futebol.

Como Bin Hammam não recebeu os motivos da sua suspensão pela Fifa, o dirigente não teve como apresentar seu recurso antes do congresso eletivo da entidade.

Placar UOL no iPhone