UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/09/17/novo-filme-de-pele-deve-ter-selo-globo-e-busca-achar-gol-de-placa-do-maracana.htm
  • Novo filme de Pelé deve ter selo Globo e busca achar 'gol de placa' do Maracanã
  • 17/01/2019
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Aníbal Massaíni (dir.) divulga filme "Pelé Eterno" em 2004 ao lado de seu protagonista

Aníbal Massaíni (dir.) divulga filme "Pelé Eterno" em 2004 ao lado de seu protagonista

17/09/2011 - 07h00

Novo filme de Pelé deve ter selo Globo e busca achar 'gol de placa' do Maracanã

Bruno Freitas
Em São Paulo

A vida e obra do "Rei do futebol" chegará às telas de cinema mais uma vez, provavelmente no primeiro semestre de 2013. Responsável pela produção de "Pelé Eterno", documentário de 2004, o cineasta Aníbal Massaíni prepara uma continuação do filme, em projeto que deve contar com a parceria da Globo Filmes e que batalha para encontrar registros perdidos do chamado 'gol de placa' do Maracanã.

A CINEMATOGRAFIA DE PELÉ

Na foto acima, Pelé atua como um jogador de Trinidad e Tobago no filme "Fuga para a Vitória", em que contracena com nomes como Sylvester Stallone e Michael Caine. Em 1985, em "Pedro Mico", o Rei encarou o constrangimento de realizar uma cena de sexo com a atriz Tereza Rachel, então esposa do diretor Ipojuca Pontes. No recente documentário "Cine Pelé", de Evaldo Mocarzel, o ídolo revisita toda sua experiência no cinema.
1971 - O Barão Otelo no Barato dos Bilhões
1972 - A Marcha
1974 - Isto É Pelé
1979 - Os Trombadinhas
1981 - Fuga para a Vitória
1983 - A Minor Miracle
1985 - Pedro Mico
1986 - Os Trapalhões e o Rei do Futebol
1989 - Solidão, Uma Linda História de Amor
2004 - Pelé Eterno
2011 - Cine Pelé

A nova série sobre o ídolo da seleção deverá contar ao todo com 300 minutos de produção, mais do que o dobro dos 120 minutos de "Pelé Eterno". Massaíni diz que o acerto para contar com o apoio da Globo no projeto está próximo.

"Já estamos produzindo o filme há dois anos. Existem as tratativas com a TV Globo, ela pretende participar do projeto, mas ainda não assinamos. As conversas estão adiantadas, faltam dois ou três quesitos na minuta, mas estamos resolvendo", afirmou o diretor ao UOL Esporte.

Dentre as novidades da nova obra cinematográfica dedicada a Pelé, Massaíni espera encontrar registros do famoso 'gol de placa' do Maracanã.

Na famosa jogada de 5 de março de 1961, o camisa 10 passou por vários adversários e tirou o goleiro Castilho para anotar o segundo gol do Santos na vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, em jogo válido pelo Torneio Rio-São Paulo. Na oportunidade, o jornalista Joelmir Beting mandou fazer uma placa de bronze em homenagem ao feito e, sem querer, inspirou a criação do termo.

"Existem pelo menos cinco registros deste gol. É inexplicável que todos eles tenham desaparecido. Ainda tenho esperança de encontrar ele", afirma o diretor.  

Em seu trabalho de garimpo histórico, Massaíni busca registros de gravação do gol, conhecidamente feitos por TV Record, Atualidades Atlântida, Canal 100 e estúdios Herbert Richers. O cineasta diz que mantém a esperança em razão de já ter se deparado com várias outras cenas deste jogo.

Além da busca pelo 'gol de placa', o diretor do novo filme de Pelé já comemora a inserção de uma raridade em seu novo projeto. Massaíni conta que apresentará ao público lances inéditos da histórica vitória do Santos sobre o Palmeiras por 7 a 6 pelo Rio-São Paulo de 1958.

"Esta partida é tida como a mais emocionante da história. Faleceram cinco pessoas por causa dela, três delas com registro, sendo uma dentro do Pacaembu", diz o cineasta, em referência ao clássico e suas muitas viradas de placar.

O novo filme sobre Pelé também contará com mais detalhes as conquistas do Santos da Taça Brasil, das edições de 1961 a 1965, em vitórias que recentemente foram reconhecidas pela CBF como títulos nacionais do clube da Vila Belmiro.

Placar UOL no iPhone