Topo

Esporte


Assis se irrita com diretoria do Fla e admite negociar R10 com futebol do exterior

Assis não está gostando do impasse financeiro no Fla e ameaça tirar craque do clube - Vinicius Castro/ UOL Esporte
Assis não está gostando do impasse financeiro no Fla e ameaça tirar craque do clube Imagem: Vinicius Castro/ UOL Esporte

Do UOL, em Londrina (PR)*

11/01/2012 19h15

Apesar da bandeira branca "levantada" pelos jogadores na entrevista após o treino da manhã desta quarta-feira, o clima no Flamengo está longe ser o de paz. Desta vez, a guerra declarada é entre Assis, irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho, e a diretoria do clube, que ainda não conseguiu resolver o impasse com o Traffic e garantir os mais de R$ 3,5 milhões que deve ao jogador.

Flamengo ainda negocia com Traffic e adia pagamento de atrasados para Ronaldinho

  • Alexandre Vidal/ Fla Imagem

    Apesar do anúncio de acerto oficial feito no dia 28 de dezembro do último ano e da expectativa pela assinatura do contrato para esta segunda-feira, ainda não será desta vez que Ronaldinho Gaúcho assinará o novo vínculo com o Flamengo. Mesmo com todas as bases acertadas com o rubro-negro, a Traffic ainda aguarda alguns ajustes do compromisso a ser assinado

Em entrevista ao jornal Extra, do Rio de Janeiro, Assis demonstrou toda a sua insatisfação com a falta de pagamento ao irmão. O empresário criticou ainda a postura do vice de finanças rubro-negro, Michel Levy, e não descartou uma possível transferência do craque para o exterior caso o pagamento não saia antes do encerramento da janela, dia 31 de janeiro.

"Alguém tem que assumir isso. Que paguem o contrato. Que paguem o salário dele. São cinco meses esperando. Parece que o cara é mercenário. Como isso: se demora cinco meses para receber o salário?Eles (Flamengo e Traffic) precisam se acertar. Mas parece que está difícil. Cinco meses se passaram e nada. E o dirigente (Michel Levy) foi chamar jogador de marqueteiro. São cinco meses sem receber. Isso não é legal. Foi muito mal ele. Tem Deivid, Alex Silva, sem luva. E aí?", questionou Assis, acrescentando.

"Sempre manifestamos o desejo de ele permanecer. Mas não pode passar mais. Não tem mais condição, não pode ficar assim. E nem arrastar a história e deixar fechar a janela de transferências. Isso, não.Ainda tem a janela de transferências. Propostas meu irmão sempre tem", disse o irmão e empresário do jogador, ameaçando tirar seu irmão do clube carioca.

Apesar de toda a irritação de Assis, a diretoria do Flamengo tem se portado de maneira tranquila em relação ao caso. Segundo os mandatários do rubro-negro e os representantes da Traffic, a oficialização do novo acordo entre as partes é questão de poucos dias. Após idas e vindas do contrato, todos os ajustes estão sendo fechados e a assinatura deve ocorrer ainda nesta semana.

*Colaborou Pedro Ivo Almeida

Mais Esporte