UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/05/10/vagner-mancini-nao-resiste-a-2-reves-na-temporada-e-deixa-comando-do-cruzeiro.htm
  • Vágner Mancini não resiste a 2º revés na temporada e deixa comando do Cruzeiro
  • 16/01/2019
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Vágner Mancini anunciou sua saída do Cruzeiro após a derrota para o Atlético-PR

Vágner Mancini anunciou sua saída do Cruzeiro após a derrota para o Atlético-PR

10/05/2012 - 00h09

Vágner Mancini não resiste a 2º revés na temporada e deixa comando do Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

Vágner Mancini não é mais o técnico no Cruzeiro. O anúncio de sua saída ocorreu após a derrota para o Atlético-PR, por 2 a 1, nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré, e a eliminação na Copa do Brasil. O treinador já estava em situação complicada por causa da queda do time celeste nas semifinais do Campeonato Mineiro.

CRUZEIRO PERDE PARA O ATLÉTICO-PR E SOFRE SEGUNDA ELIMINAÇÃO NO ANO

  • Washington Alves/VIPCOMM

    Em noite inspirada do equatoriano Guerrón, que marcou um gol e fez a jogada do outro, o Atlético-PR venceu o Cruzeiro, por 2 a 1, nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré, e classificou-se às quartas de final da Copa do Brasil. O time paranaense enfrenta o Palmeiras, que eliminou o Paraná Clube, na próxima fase.

"Eu gostaria de vir aqui dizer que eu estou entregando o cargo, e gostaria também de lembrar alguns aspectos, que neste momento são muito importantes. Um deles, o clube foi deixado na minha mão e na mão da minha equipe no momento mais delicado da história do Cruzeiro, e nós deixamos a equipe na Série A. Este ano, o trabalho acabou não fluindo e por isso estou entregando o cargo", observou o treinador, que se referiu à luta contra o rebaixamento no Brasileirão 2011.

Contratado em setembro do ano passado, Vágner Mancini comandou o Cruzeiro em 30 partidas, sendo 14 vitórias, sete empates e nove derrotas – o aproveitamento do treinador à frente do time mineiro foi de 54%. Porém, não resistiu às eliminações nas duas competições.

Mancini chegou à Toca da Raposa num momento complicado, em que o Cruzeiro lutava contra o rebaixamento no Brasileirão. O time celeste só conseguiu se livrar da queda para a Série B na última rodada, ao golear o arquirrival Atlético por 6 a 1. Pela competição nacional, foram três vitórias, cinco empates e quatro derrotas (aproveitamento de 39%).

Mantido para a temporada 2012, Vágner Mancini participou da montagem do grupo do Cruzeiro, que contratou 13 jogadores. Dois deles, o zagueiro Alex Silva e o meia Souza, que estrearam contra o Atlético-PR nesta quarta-feira.

Depois de estrear no Mineiro com derrota para o Guarani de Divinópolis, por 1 a 0, o Cruzeiro embalou na competição – venceu nove e empatou uma – e terminou em segundo lugar na fase classificatória com 28 pontos, um a menos que o Atlético.

Porém, nas semifinais, o time comandado por Vágner Mancini foi eliminado pelo América-MG, ao perder os dois jogos: o primeiro por 3 a 2 e o segundo por 2 a 1. O aproveitamento no Estadual foi de 72%.

Placar UOL no iPhone