UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/05/15/avai-anuncia-marcelinho-paulista-como-novo-gerente-de-futebol-do-clube.htm
  • Avaí anuncia Marcelinho Paulista como novo gerente de futebol do clube
  • 21/01/2019
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
15/05/2012 - 17h33

Avaí anuncia Marcelinho Paulista como novo gerente de futebol do clube

Do UOL, no Rio de Janeiro

Poucas horas após demitir o gerente de futebol, Carlos Arini, a diretoria do Avaí anunciou Marcelinho Paulista para exercer a função. O ex-jogador do Corinthians e Botafogo estava trabalhando no clube paulista como dirigente das categorias de base.

Marcelinho encara o desafio com naturalidade e disse que o dia a dia irá mostrar sua qualidade como dirigente. Além disso, avisou aos jogadores que estiverem desconfiados para ligarem pedindo referência sobre seu nome.

“Encaro essa chance com a maior naturalidade possível. Encaro o futebol com profissionalismo e o dia a dia mostra quem são as pessoas. Com o tempo eles vão me olhar de forma diferente. Porém, em caso de dúvidas podem ligar para saber quem eu sou. Também fazemos isso para pegar informações dos jogadores”, disse.

A coletiva do novo gerente de futebol foi acompanhada pelo presidente do clube, João Nilson Zunino, e os jogadores. Antes de Marcelinho, foi a vez do agora ex-dirigente do Avaí, Carlos Arini, conversar com a imprensa.

Ele não escondeu sua insatisfação com a saída e destacou que em sua visão realizou um bom trabalho. Arini chegou ao Avaí em novembro do ano passado, quando a queda do Avaí para a Série B do Campeonato Brasileiro era iminente. Na oportunidade, ele aproveitou para iniciar o processo de reformulação e ocupou o cargo que chegou a ser de Mauro Galvão até o início do Brasileirão.

“Respeito a decisão do presidente, mas essa minha saída não foi em comum acordo. Sai chateado e triste porque queria terminar o ano como dirigente. O nosso primeiro desafio era o catarinense e agora teríamos o Brasileiro da Série B pela frente. Sou grato pela oportunidade e entendo que fiz a minha parte”, analisou.

Por fim, Arini destacou que deixa o clube com a satisfação de ter recuperado a alegria do torcedor avaiano. “Foi muito bom trabalhar no Avaí. Não vou ser hipócrita de dizer que está tudo bem. Ainda mais porque saí após uma conquista de título. De qualquer forma, saio satisfeito em perceber que o torcedor do Avaí está alegre com o time. Quando cheguei quase não via camisas do Avaí nas ruas. Nas finais do catarinense isso já mudou”, encerrou.

Placar UOL no iPhone