UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/05/22/campeao-mundial-em-2000-oswaldo-de-oliveira-revela-torcida-pelo-corinthians-na-libertadores.htm
  • Campeão mundial em 2000, Oswaldo de Oliveira revela torcida pelo Corinthians na Libertadores
  • 17/11/2018
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Oswaldo de Oliveira diz lembrar todos os dias de grito da torcida corintiana

Oswaldo de Oliveira diz lembrar todos os dias de grito da torcida corintiana

22/05/2012 - 10h05

Campeão mundial em 2000, Oswaldo de Oliveira revela torcida pelo Corinthians na Libertadores

Do UOL, em São Paulo

Atual treinador do Botafogo, Oswaldo de Oliveira não ficou em cima do muro sobre sua preferência pelo Corinthians no duelo contra o Vasco na Copa Libertadores. Campeão mundial com o clube paulista em 2000, o técnico revelou que não se vê torcendo por outra equipe.

“Não posso negar (que tende a torcer pelo Corinthians). Quando olho a Libertadores, por exemplo, o Botafogo não está. Politicamente, não me interessa falar, mas quando vejo dentro do campo jogando, eu me vejo torcendo pelo Corinthians, não adianta”, disse Oswaldo em entrevista publicada nesta terça-feira no jornal "Lance!".

“Tenho muitos amigos dos dois lados. Quando acabar, racionalmente, ficarei feliz por qualquer um que chegar à semifinal. Mas na hora que estiverem duelando, vou sempre tender para o Corinthians”, prosseguiu o treinador.

Oswaldo analisou as equipes corintiana e vascaína como muito equilibradas e competitivas, mas vê uma ligeira vantagem dos paulistas por decidirem a vaga em casa. Após o 0 a 0 no Rio, o Corinthians precisa de uma vitória simples, mas empate com gols classifica o Vasco.

“Aquele Pacaembu, com aquela torcida, a gente sabe o que é. Vejo o Corinthians muito equilibrado, muito competitivo. O Vasco também é. Mas o fator diferencial é o jogo no Pacaembu", analisou.

O técnico botafoguense disse ainda se lembrar todos os dias da força da torcida corintiana no Maracanã no dia da final do Mundial contra o Vasco. De acordo com ele, foi ali que nasceu o hoje famoso grito “Todo Poderoso Timão”.

“Esse grito ainda ecoa para mim todo dia, todo dia... Aquilo foi incrível. Ficou aquele ‘Ôôô... Todo Poderoso Timão!’. Incendiou nosso time, eu me arrepio até hoje, não é brincadeira, não”, falou Oswaldo.

Placar UOL no iPhone