UOL futebol

Mercado da Bola

Confira tudo o que acontece no mercado do futebol nacional

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/07/12/presidente-do-flu-fala-em-dificuldade-por-conca-mas-nao-desiste-de-contratacao.htm
  • Presidente do Flu fala em dificuldade por Conca, mas não desiste de contratação
  • 18/12/2018
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Conca tem contrato com o Guangzhou Evergrande, da China, até dezembro de 2013

Conca tem contrato com o Guangzhou Evergrande, da China, até dezembro de 2013

12/07/2012 - 15h45

Presidente do Flu fala em dificuldade por Conca, mas não desiste de contratação

Do UOL, em São Paulo

O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, voltou a falar sobre o assunto Conca em entrevista coletiva realizada para anunciar a renovação de contrato de Deco nesta quinta-feira. O dirigente reafirmou dificuldades na negociação com o clube chinês Guangzhou Evergrande, mas disse que o Fluminense mantém o interesse no jogador.

"O clube (Guangzhou Evergrande) não está disposto a liberar o jogador do contrato e ele precisa da anuência do clube para sair. O Fluminense segue trabalhando. Pensamos até em uma viagem de duas pessoas para a China, mas um representante do Guangzhou nos orientou a não irmos. A vontade segue grande de ter o Conca de volta, mas dependemos de um terceiro. Quando ele estiver disposto a abrir uma negociação, vamos conversar", declarou Siemsen.

Ao lado do presidente na coletiva, o diretor executivo Rodrigo Caetano mostrou pessimismo em relação ao retorno de Conca às Laranjeiras. "Para essa janela é quase impossível. Só não posso falar que está totalmente descartado porque os chineses podem mudar de ideia. Mas não creio que isso vá acontecer", pontuou. A janela de transferências internacionais para o futebol brasileiro fecha no próximo dia 20 de julho.

Durante as negociações, o meia argentino chegou a pedir formalmente a liberação do clube chinês, que investiu cerca de US$ 10 milhões (R$ 20,3 milhões) em sua contratação. Pelo grande valor investido, os chineneses vão contra Conca e não devem quebrar o contrato que vai até dezembro de 2013.

Dario Conca
Dario Conca

Placar UOL no iPhone