UOL futebol

Mercado da Bola

Confira tudo o que acontece no mercado do futebol nacional

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2012/10/31/muricy-ve-problemas-para-repatriar-robinho-apela-para-ex-pupilos-e-pede-hugo-e-richarlyson.htm
  • Muricy vê problemas para repatriar Robinho, apela para ex-pupilos e pede Hugo e Richarlyson
  • 29/06/2017
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Sob o comando de Muricy, Richarlyson foi tricampeão brasileiro pelo São Paulo

Sob o comando de Muricy, Richarlyson foi tricampeão brasileiro pelo São Paulo

31/10/2012 - 06h00

Muricy vê problemas para repatriar Robinho, apela para ex-pupilos e pede Hugo e Richarlyson

Samir Carvalho
Do UOL, em Santos (SP)

O técnico Muricy Ramalho já foi avisado pela diretoria do Santos que as negociações para repatriar o atacante Robinho, do Milan, da Itália, não evoluíram nas últimas semanas. Por conta disso, o treinador apela para seus ex-pupilos e pediu aos dirigentes as contratações de Hugo e Richarlyson, que foram comandados pelo treinador no São Paulo.

O meia-atacante, que defende o Sport no Campeonato Brasileiro, foi bicampeão brasileiro pelo tricolor paulista em 2007 e 2008. Já Richarlsyon, reserva no Atlético-MG, foi tricampeão brasileiro no clube do Morumbi entre 2006 e 2008.

O ex-lateral e volante do São Paulo encerra seu contrato com o Atlético-MG no final deste ano. Desta forma, o Santos só precisa pagar os salários do jogador. Mesmo assim, o ordenado do atleta ainda pode ser um entrave na transação.

Isso porque Richarlyson recebe acima de R$ 200 mil no clube mineiro e teria que aceitar uma readequação em seu ordenado para não elevar a folha salarial do departamento de futebol do Santos.

No caso de Hugo, o Santos precisa convencer o Sport a liberar o jogador, já que o ex-pupilo de Muricy possui vínculo com o clube pernambucano até julho de 2013. O atacante é o artilheiro de sua equipe no Campeonato Brasileiro, com sete gols.

Em contato com a diretoria santista, o UOL Esporte foi informado que a política do clube não permite falar de contratações e saída de jogadores.

Apesar de pedir Hugo e Richarlyson, o técnico santista não desistiu de contar com Robinho em 2013. No entanto, além do alto valor pedido pelo Milan para liberá-lo, o primeiro nome da lista de reforços do Santos enfrenta resistência dentro da própria diretoria.

Segundo o Blog do Perrone, pessoas que ajudam o presidente alvinegro a tomar decisões consideram o atacante caro para um jogador de 28 anos e festeiro demais. Na tentativa anterior que fez para repatriar o atleta, o Santos ofereceu 10 milhões de euros ao Milan, que pediu 15 milhões de euros.

Quem é contrário à volta de Robinho prefere que o presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro invista em jogadores mais jovens e com maior poder de revenda. Os críticos do retorno do atacante lembram do episódio em que Robinho foi acusado por Wesley de atirar o celular do colega na parede. Como vingança, teve seu carro danificado pelo companheiro.

Richarlyson
Richarlyson

Placar UOL no iPhone