Inter encerra novela e confirma contratação de Dunga, que assume 1º time na carreira

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • AFP PHOTO / ANTONIO SCORZA

    Dunga e Internacional negociaram por quase 20 dias para assinar até o final de 2013

    Dunga e Internacional negociaram por quase 20 dias para assinar até o final de 2013

Dunga está de volta ao Beira-Rio. O Internacional confirmou, no começo da tarde desta quarta-feira, a contratação do ex-volante para o cargo de técnico. Capitão do tetra e comandante da seleção brasileira na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, ele firmou um contrato de um ano e vai debutar como treinador de clubes. A apresentação oficial será em um hotel de Porto Alegre, ao final do dia.

"Vamos apresentar o novo treinador, o Dunga, às 17h. Confirmo também o Chumbinho [Newton Drummond] como diretor executivo. O auxiliar do Dunga será o Andrey Lopes", disse o presidente Giovanni Luigi à Rádio Bandeirantes, logo após a última reunião com o treinador.

  • Richard Heathcote/Getty Images

    Dunga começou a carreira de técnico na seleção, em 2006, e estreia em clubes na sua 'casa': o Inter

A contratação de Dunga confirma a sina do Internacional de apostar em ídolos para o cargo de treinador. Em menos de 24 meses ele será o terceiro atleta célebre da história vermelha a assumir o comando do vestiário.

Inter e Dunga negociaram por quase 20 dias até chegar a um acordo financeiro. A pedida inicial do antigo jogador foi superior aos R$ 600 mil, mas o acerto saiu por menos. O período longo das tratativas também se tornou vital para a formação de uma comissão técnica.

Dunga indicou o preparador físico Paulo Paixão, que rescindiu com o Grêmio, e também o auxiliar Andrey Lopes, com passagem pelas categorias de base da dupla Gre-Nal e que estava no Cerâmica. A dupla de profissionais vai ajudar o ex-jogador na tarefa inédita: trabalhar no dia a dia com atletas e contexto do vestiário.

Antes de assinar com o Internacional, Dunga passou mais de três anos sendo especulado por vários clubes. A cada demissão de treinador lá estava o nome do ex-camisa oito. O 'retiro' terminou com o interesse concreto do time que o revelou, no começo dos anos 1980.

Dunga surgiu para o futebol no Inter e também se aposentou com a camisa vermelha. Em 2006 assumiu a seleção brasileira e ficou por quatro anos. No comando do time verde amarelo ganhou a Copa América, a Copa das Confederações e fez boa campanha nas Eliminatórias.

Na Copa do Mundo de 2010 uma desclassificação nas quartas de final. Mas o clima ruim com boa parte da imprensa e o episódio envolvendo o jornalista Alex Escobar, da TV Globo. Ingredientes que culminaram com sua demissão apenas dois dias depois da derrota para a Holanda.

Dunga
Dunga

UOL Cursos Online

Todos os cursos