Topo

Futebol


Jovens zagueiros do Grêmio miram vaga na Libertadores e valorizam futuro no clube

Marinho Saldanha/UOL Esporte
Sabiá (e), Gerson (c) e Bressan (d) são as apostas para o futuro da zaga do Grêmio Imagem: Marinho Saldanha/UOL Esporte

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

2013-01-08T06:00:00

08/01/2013 06h00

São três rostos jovens, sorridentes e que mesmo nos duros treinamentos sempre parecem satisfeitos. Gerson, Rodrigo Sabiá e Bressan somam cinco dias de time principal do Grêmio. Na primeira oportunidade, e maior das vidas, o trio de jovens zagueiros mira uma vaga no grupo da Libertadores e almeja ser o futuro da defesa gremista.

O mais conhecido deles é Gerson. A apresentação do defensor de 20 anos e 1,80 de altura é feita por qualquer um no Olímpico. No clube há 12 anos, ou seja desde os 8, ele sempre foi eleito como promessa de muito futuro. Ainda é respaldado por convocações para seleção brasileira, onde foi capitão dos times desde o primeiro chamado quando tinha apenas 14 anos, conquistando o tricampeão da Mediterrenean International Cup, disputada em Barcelona, o Sul-Americano Sub-15 e Sub-17, além de ser o melhor jogador da Sendai Cup de 2009, sediada no Japão.

TRÊS ZAGUEIROS JOVENS SIMBOLIZAM O FUTURO DA DEFESA DO GRÊMIO

Gérson Fraga VieiraAltura: 1,8020 anos
Rodrigo Augusto SabiáAltura: 1,8520 anos
Matheus Simoneti BressaneliAltura: 1,8519 anos

"Acho que estes jogos pela seleção brasileira foram muito importantes para mim, me deram mais experiência que muitos jovens da minha idade", disse Gerson.

Gerson é tranquilo, tem facilidade com as palavras, talvez pelas experiências longe do Grêmio desde tão cedo. "Nesse momento tenho que mostrar maturidade, que mereço estar jogando entre tantos jogadores de qualidade. Me deram esta oportunidade, estou muito feliz. É um novo mundo, um desafio que me mantém muito motivado", explicou.

Na antessala de conferências do Grêmio, Gerson era o central. Ao lado direito, outro rosto jovem, cabelo loiro, alguns centímetros mais alto e novo no clube. Bressan, apelido vindo do sobrenome Bressaneli que acompanha Matheus, de 19 anos, que completa 20 no próximo dia 15, e mede 1,85. Antes de qualquer coisa, a confiança é o que mais chama atenção nele.

"Não caí no Grêmio de paraquedas. Disputei três edições do Campeonato Gaúcho pelo Juventude. Tenho que ter paciência, me aproximar dos mais experientes e aproveitar os conselhos do Roger e do Émerson [auxiliares técnicos]. Quando a chance aparecer, devo que aproveitar", disse.

Bressan joga pela esquerda, apesar de ser destro, posto que a direção do Grêmio considera vago no elenco principal. "A prioridade do clube é a Libertadores. Se pintar uma brecha, tenho que mostrar", disse entusiasmado.

No canto da sala, Rodrigo Sabiá se mostra menos articulado. Sem as palavras fáceis de Gerson ou o estilo agressivo de Bressan, o jovem vindo do Paulista de Jundiaí em 2011 volta ao time de cima após uma subida prematura no time então comandado por Renato Gaúcho. Com 20 anos e 1,85 de altura, ele fala pouco, mas o suficiente para agradecer a oportunidade.

TREINAMENTO DE BOLA AÉREA TEM ANDRÉ LIMA COMO DESTAQUE NO OLÍMPICO

  • Lucas Uebel/Preview.com

    O Grêmio começou 2013 valorizando a bola aérea. Na tarde desta segunda-feira, o técnico Vanderlei Luxemburgo destinou o treinamento exclusivamente para esta jogada. Foram repetições de lado a lado e muita cobrança do comandante.

"Para seguir no grupo tem que ter humildade e não desistir nunca. Quando entrar, tem que fazer de tudo para agarrar a oportunidade. É preciso estar pronto", falou.

Inicialmente Sabiá fará parte do elenco que disputará o Gauchão. Enquanto os titulares estarão em Quito onde enfrentam a LDU pela Pré-Libertadores, o time reserva comandado por Roger irá abrir o Estadual representando o Grêmio. Mas tal situação não incomoda nem um pouco. "O Gauchão é a nossa Libertadores", disse.

E um bom desempenho nos treinos pode até significar algo maior. O Grêmio irá inscrever cinco zagueiros na primeira fase da Libertadores. Estão garantidos: Cris, Vilson, Saimon e Werley [que precisa cumprir três jogos de suspensão]. Assim, há ainda uma vaga e quem a disputa são os três jovens e Douglas Grolli, que caiu um pouco no conceito da comissão técnica após uma expulsão no Brasileirão passado.

Com isso, a expectativa de futuro do trio de defensores do Grêmio pode ser mais imediata do que se imagina. Completamente motivados, sorrindo enquanto os demais reclamam dos treinamentos físicos, eles esperam ganhar a confiança de Vanderlei Luxemburgo.

Mais Futebol