Topo

Futebol


Dida mira conquistar a torcida e Marcelo Grohe evita polêmica com reserva no Grêmio

Marinho Saldanha/UOL Esporte
Dida e Marcelo Grohe posam para fotos na concentração do Grêmio e disputam vaga Imagem: Marinho Saldanha/UOL Esporte

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

2013-01-12T15:32:00

12/01/2013 15h32

A primeira posição na escalação do Grêmio tem novo dono. Marcelo Grohe foi substituído por Dida, agora titular no time. Após ter tal situação confirmada por Vanderlei Luxemburgo, o mais experiente falou em conquistar a torcida, que não esconde preferência por Marcelo. Enquanto isso, descontente por ter perdido posto, Grohe evita polêmica e não define o futuro.

"Sou uma cara nova. Cheguei agora e todos têm um carinho muito grande pelo Marcelo. É um grande goleiro. Vou me esforçar muito. Sempre foi assim. Espero conseguir o carinho, conquistar a torcida", disse Dida.

Mas se depender dos treinamentos e do apoio do treinador, não irá demorar para Dida obter o mesmo status de Grohe. O experiente goleiro de 39 anos tem demonstrado empenho, qualidades e feito um bom início de ano. Mesmo que o povo siga apoiando o suplente.

JOGO-TREINO COM PORTAS FECHADAS E INDÍCIOS DA LISTA DE INSCRITOS

O sábado gremista será de último dia de pré-temporada em Porto Alegre. À tarde ocorre jogo-treino na Arena, contra o Cerâmica. Com a atividade derradeira na capital gaúcha, o clube define os jogadores que viajam ao Equador, para a sequência de treinos. De quebra encaminha a relação dos inscritos na Libertadores.
Leia Mais
O argentino Facundo Bertoglio repete o quadro comum desde o ano passado. O jogador, novamente, está afastado. Agora por uma entorse no tornozelo direito, o avante para por 30 dias, não viaja para o Equador e deve ficar fora da Pré-Libertadores. O quadro só não é definitivo pois o técnico Vanderlei Luxemburgo preferiu não garantir totalmente a situação.
Leia Mais
O meia Marquinhos está fora da viagem da delegação do Grêmio ao Equador. O meia pediu liberação ao técnico Vanderlei Luxemburgo, que foi prontamente concedida. A razão para isso é um acerto com o Avaí, clube de coração do armador.
Leia Mais

Não é difícil perceber o descontentamento de Grohe. Dida sorri fácil, Marcelo permanece sério. As respostas não garantem permanência no clube, o assunto 2013 é um imenso ponto de interrogação.

"Para mim, 2012 mudou minha carreira, foi um grande ano, consegui a sequência que eu tanto queria no clube. Mas o futebol é feito de escolhas e a dele [Luxa] foi feita. Tenho é que trabalhar para recuperar meu espaço", disse Marcelo. "É uma opção do técnico, tenho que acatar", acrescentou.

Ambos estiveram lado a lado na concentração do Grêmio na manhã deste sábado. Separados por poucos metros, falaram sobre situações diversas. Dida, a titularidade logo de cara, Grohe, o futuro incerto.

"É uma luta sadia pela posição. Quem vence é o Grêmio. Sou uma pessoa muito motivada, tenho mostrado isso em toda minha carreira. Mas ter ele [Marcelo] ao meu lado é muito importante. Sei que é um grande goleiro, fez um ótimo Brasileiro em 2012 e só vai acrescentar no trabalho", afirmou Dida.


Em tom oposto, Grohe não sabe se ficará no clube, mas garante foco na Libertadores. "Meu foco é o Grêmio, mas o futebol é muito dinâmico. O futuro a Deus pertence", diz o goleiro.

O que fica da disputa pelo gol gremista é que seja com titular ou reserva o time estará bem servido. Tentando crescer com Dida e Grohe ainda estão Follmann, Matheus e Busatto.

Os jogadores do Grêmio realizam jogo-treino fechado contra o Cerâmica na tarde deste sábado. No domingo o elenco inicia deslocamento ao Equador, onde segue em pré-temporada visando a fase preliminar da Libertadores. A estreia na competição continental ocorre dia 23, contra a LDU, no estádio Casa Blanca.

Mais Futebol