UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/02/05/novas-denuncias-sobre-corrupcao-em-partidas-abalam-o-mundo-do-futebol-entenda.htm
  • Novas denúncias sobre corrupção colocam mais uma vez o futebol sob suspeita; entenda
  • 24/09/2017
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Europol investiga esquema de manipulação de jogos de futebol no mundo

Europol investiga esquema de manipulação de jogos de futebol no mundo

05/02/2013 - 06h00

Novas denúncias sobre corrupção colocam mais uma vez o futebol sob suspeita; entenda

Do UOL, em São Paulo

A caça aos manipuladores de partida de futebol tem sido cada vez mais intensa e as suspeitas de corrupção em jogos dos mais diversos torneios aumentou após a Europol, organização europeia de polícia, divulgar que investiga a ação de criminosos quase 800 jogos, de mais de 15 países no mundo todo. A Fifa reagiu, mas diz que não consegue combater o problema sozinha.

“A combinação e manipulação de resultados de partida é um problema global e que não vai desaparecer amanhã. A Fifa está empenhada em combater este problema, mas não conseguiremos sozinhos”, disse o diretor de Segurança da Fifa, Ralf Mutschke.

A investigação da Europol mostra que a rede de corrupção internacional no futebol, gerou cerca de 8 milhões de euros (cerca de R$ 21 milhões) entre 2009 e 2011 e que 2 milhões de euros (R$ 5,4 milhões) em subornos.

Segundo a organização, as apostas seriam feitas pela internet e por telefone e a o grupo criminoso teria como centro de comando a Ásia por conta das regras menos rígidas do que na Europa. 

Partidas de diversas competições, entre elas algumas da Liga dos Campeões, o maior torneio entre clubes do mundo, estão sob investigação. De acordo com o jornal Ekstra Bladet, uma das partidas com o resultado manipulado foi a vitória do Liverpool sobre o Debrecen, da Hungria, por 1 a 0, no primeiro jogo da fase de grupos da temporada 2009/2010. Há um outro empate na lista, porém os times envolvidos não foram divulgados. 

Duas partidas da Liga Europa 2009 estão sob investigação: Fenerbahce contra Honved-HUN, e Rapid Viena-AUT contra Vllaznia Shkoda-ALB.  Na Europa, a organização policial diz que são cerca de 380 partidas sob investigação, enquanto 300 jogos na África, na Ásia e nas Américas Central e do Sul estão na mira. Confira alguns números e dados da investigação:

NÚMEROS SOBRE O NEGÓCIO REVELADOS PELA INVESTIGAÇÃO

  • - Jogos sob suspeita na Europa: 380
    - Jogos sob suspeita na África, na Ásia e nas Américas Central e do Sul: 300
    - 50 pessoas já foram detidas e 425 pessoas são suspeitas de envolvimento
    - São investigados integrantes dos clubes de futebol, jogadores e árbitros
    - Países sob investigação: Alemanha, Áustria, Eslovênia, Reino Unido, Hungria, Holanda e Turquia

O QUE A FIFA DIZ?

“A combinação e manipulação de resultados de partida é um problema global e que não vai desaparecer amanhã. A Fifa está empenhada em combater este problema, mas não conseguiremos sozinhos. A cooperação entre a aplicação da lei e as organizações desportivas precisa ser fortalecida. O apoio dos órgãos de aplicação da lei, as investigações legais, e as sanções mais duras em última análise, são necessários”, disse o diretor de Segurança da Fifa, Ralf Mutschke.

FUTEBOL SUL-AMERICANO TAMBÉM ESTÁ NA MIRA

  • Uma das partidas sob investigação seria o duelo entre as seleções sub-20 de Argentina e Bolívia, em 2010, pela Copa Córdoba, um torneio amistoso, em jogo da primeira fase. A Argentina venceu a partida por 1 a 0, com gol de pênalti bastante contestado pelos bolivianos, cujo banco chegou a entrar em campo para reclamar com o árbitro. Um defensor boliviano foi expulso no lance. Até mesmo o jornal argentino Olé tratou na época com desconfiança a vitória de sua seleção. O periódico considerou "escandalosa" a performance da arbitragem na vitória dos argentinos sobre os bolivianos. Os jogadores da Bolívia tentaram agredir o árbitro húngaro Lengyel Kolos, mas foram contidos pelo técnico da equipe. Não bastasse o pênalti, um jogador boliviano e o técnico foram expulsos.

VEJA IMAGENS DO JOGO ACUSADO DE TER SIDO MANIPULADO

ESCÂNDALOS ABALARAM JÁ FUTEBOL ITALIANO E ATINGIRAM PODEROSOS

  • Giorgio Benvenuti/REUTERS

    A manipulação de resultados teve consequências graves no futebol italiano. Em 2006, a Juventus, maior vencedora da história da Serie A, foi rebaixada por envolvimento em esquema que envolvia entrega de jogos e armação na escolha de árbitros. Outra investigação começou em 2011, e terminou na suspensão do técnico Antonio Conte (foto), da Juve, do lateral Criscito e na prisão de Stefano Mauri, da Lazio. Além disso, vários times foram punidos com rebaixamento ou perda de pontos.

Placar UOL no iPhone