Topo

Futebol


Bota processará Prefeitura e prevê reabertura do Engenhão no Brasileiro

Dhavid Normando/Photocamera
Botafogo prevê que Engenhão será utilizado já neste Campeonato Brasileiro Imagem: Dhavid Normando/Photocamera

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

2013-04-05T12:52:09

05/04/2013 12h52

Sacudido por polêmicas e incertezas em relação ao estádio em que mandava as suas partidas desde 2007, o Botafogo decidiu reagir. O presidente Maurício Assumpção afirmou nesta sexta-feira que o clube acionará a Prefeitura do Rio de Janeiro na Justiça por causa da interdição do Engenhão. Segundo o dirigente, o prefeito Eduardo Paes já foi avisado sobre a medida - para o Alvinegro, esta é a única solução para amenizar os prejuízos por causa das portas fechadas. O mandatário prevê a reabertura do estádio durante o Campeonato Brasileiro deste ano.

A prefeitura será acionada já que o Botafogo quer ser indenizado por causa das perdas financeiras já definidas com a interdição do Engenhão. Segundo Assumpção, o prefeito Eduardo Paes estuda a possibilidade de processar o consórcio construtor – formado por OAS e Odebrecht –, pois entende que a culpa não é da cidade do Rio de Janeiro.

“O Botafogo não tem outra alternativa a não ser processar a Prefeitura, que é quem tem contrato com o clube. Se a Prefeitura vai processar a construtora, é uma decisão que passa pelo prefeito. Se ele [prefeito] entender que a conta não é dele, outro terá que pagar. Isso é com ele. O que entendemos é que o Botafogo não pode pagar isso”, disse.

Engenhão no Brasileiro

Apesar do tom firme sobre a atual situação do estádio, Maurício Assumpção demonstrou otimismo e afirmou que o Engenhão voltará a ser utilizado já durante o Campeonato Brasileiro desta temporada. Segundo o dirigente, o fato de o estádio estar nos planos das Olimpíadas-2016 irá acelerar o processo de reforma. Isso porque o local deverá estar totalmente pronto com dois anos de antecedência, de acordo com o caderno de encargos da competição.

“Para o equipamento [Engenhão] ser dado como pronto deve estar tudo pronto dois anos antes das Olimpíadas. Existe um caderno de encargos que é pesado e o prefeito sabe disso. Tenho certeza que utilizaremos o estádio muito antes do que se imaginava. O Engenhão será utilizado neste Campeonato Brasileiro, estaremos jogando aqui. Fiquei impressionado com a torcida sobre esse assunto nas redes sociais. Ninguém quer devolver. Quando entendeu que poderia perdê-lo, ela abraçou o estádio.  Isso foi maravilhoso”, afirmou.

O período exato, no entanto, não foi determinado pelo dirigente. O Brasileiro tem seu início marcado para maio e será disputado até dezembro. Na próxima terça-feira, Assumpção e Paes terão nova reunião com o objetivo de alinhar a forma de o Botafogo ser ressarcido pelos prejuízos obtidos com a interdição do Engenhão. Também está previsto para a próxima semana o resultado do laudo do consórcio construtor sobre o tempo e quais obras serão feitas no estádio.

O Engenhão foi interditado há mais de uma semana por causa de problemas na cobertura. Uma empresa alemã foi contratada pelas construtoras do estádio e aconselhou o fechamento imediato, já que havia risco de desabamento com ventos acima de 63 km/h. Atualmente, o Botafogo permanece treinando no campo principal e anexo, além de utilizar vestiário e sala de imprensa do local.

Mais Futebol