UOL futebol

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/05/22/grupo-pao-de-acucar-decide-vender-audax-e-abilio-diniz-critica-decisao.htm
  • Grupo Pão de Açúcar decide vender Audax e Abilio Diniz critica decisão
  • 14/12/2018
  • UOL Esporte - Futebol
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Audax subiu à elite do Campeonato Paulista após nove anos de existência

Audax subiu à elite do Campeonato Paulista após nove anos de existência

22/05/2013 - 18h28

Grupo Pão de Açúcar decide vender Audax e Abilio Diniz critica decisão

Do UOL, em São Paulo

O Audax atingiu o seu ápice ao chegar à elite do futebol paulista e assegurar o direito de jogar a Série A-1 em 2014, mas o Grupo Pão de Açúcar, controlado pelo grupo francês Casino, decidiu vender a equipe paulista e também a filial carioca, ambas nas primeiras divisões dos respectivos estados.

Pelo Twitter, Abilio Diniz, fundador das duas equipes e ex-comandante do Pão de Açúcar, lamentou a decisão do grupo francês.

“Lamento a decisão do Casino de colocar à venda o Audax, um projeto vitorioso com uma história única. Começou como projeto social e chegou às primeiras divisões do campeonato carioca e paulista sem perder este foco na formação de cidadãos”, escreveu Abilio.

Na visão do Grupo Pão de Açúcar, os dois clubes agora na elite dos campeonatos Paulista e Carioca exigiriam investimentos muito maiores do que os atuais.

Inicialmente, o projeto criado por Abílio em 2004 era focado nas categorias de base, tanto que grande parte dos jogadores que estão no time principal foram criados pelo próprio Audax. 

O clube é dono, por exemplo, de 50% dos direitos econômicos de Paulinho, volante do Corinthians e envolvido em especulações sobre uma saída para o futebol europeu. 

O grupo francês Casino e o empresário Abilio Diniz vivem em conflito desde que os investidores acertaram a compra do Pão de Açúcar. Abilio ainda é acionista e presidente do conselho de administração, mas tem problemas de relacionamento com os controladores. 

Placar UOL no iPhone