Topo

Futebol


Apresentado de forma inusitada, Baptista evita fixar prazo para estreia

Juliana Flister/VIPCOMM
Julio Baptista é apresentado pelo Cruzeiro dentro de carro forte, antes do clássico Imagem: Juliana Flister/VIPCOMM

Do UOL, em Belo Horizonte

2013-07-29T06:00:00

29/07/2013 06h00

Apresentado antes do clássico em que o Cruzeiro goleou o Atlético-MG, por 4 a 1, neste domingo, o meia-atacante Júlio Baptista se disse surpreso com a recepção que recebeu desde a sua chegada ao Brasil, na sexta-feira passada, disse que quer ajudar seu novo time a ganhar títulos e não marcou data para a sua estreia. “Depende da documentação e do Marcelo”, afirmou o novo jogador cruzeirense, referindo-se ao registro de seu contrato na CBF e ao treinador Marcelo Oliveira.

“Fisicamente estou bem, vinha treinando”, destacou. Julio Baptista ainda vai demorar um pouco para entrar na rotina de treinos do Cruzeiro. Ele voltará à Espanha e retornará em definitivo no próximo final de semana. “Vou voltar, até porque a negociação foi rápida, as coisas aconteceram rápido, vim para o Brasil com quase nada, então preciso arrumar algumas coisas de mudança”, explicou.

“Mas no final de semana eu volto para começar a treinar. Mas vinha treinando na pré-temporada do Málaga, fiz quase todos os treinos, estou bem fisicamente, sem qualquer lesão, sem nenhum problema”, disse Julio Baptista, observando a que marcação de sua estreia dependerá da sua documentação e do técnico Marcelo Oliveira.

Julio Baptista confirmou o que o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, havia afirmado que a opção pelo Brasil e pelo Cruzeiro passa por seu objetivo de disputar a Copa do Mundo de 2014, pela seleção brasileira.

“Pelo fato de estar atuando tanto tempo fora do Brasil, acabei não jogando muito tempo no Brasil, tenho oportunidade, o jogador no Brasil jogando bem, este ano é de Copa do Mundo, não escondo a vontade de brigar por uma vaga na seleção”, disse Julio Baptista. “Preciso apenas me dedicar muito, pois são muitas opções de qualidade”, acrescentou.

O meia-atacante foi apresentado com grande festa e surpresa do departamento de marketing celeste, que colou Julio em um carro forte, que desfilou ao lado do gramado do estádio Mineirão, antes do clássico. O jogador vestirá a camisa de número dez, que era de Diego Souza, que deixou o time indo para o Metalist.

“Poder voltar a um grande clube como o Cruzeiro, que está me dando a possibilidade de voltar ao meu país, eu quero ajudar o Cruzeiro, dar título, crescer ainda mais na sua história, com trabalho a gente pode chegar ao que propôs”, observou Julio Baptista.

Julio Baptista agradeceu o carinho recebido pelo torcedor celeste na volta ao Brasil e se disse contente com a oportunidade de voltar aio seu país. “Quero agradecer o Cruzeiro, o presidente, estou me sentindo feliz de poder voltar ao futebol brasileiro”, comentou.

Júlio Baptista
Júlio Baptista
#dev_albumEmbed010('tagalbum','14336')

Mais Futebol