Por refrigerante, Messi teria humilhado Guardiola diante do elenco do Barça

Do UOL, em São Paulo

  • Andres Kudacki/AP

    Lionel Messi e Josep Guardiola se abraçam após o Barcelona conquistar o título da Copa do Rei

    Lionel Messi e Josep Guardiola se abraçam após o Barcelona conquistar o título da Copa do Rei

Lionel Messi e Pep Guardiola estão na história do Barcelona e certamente serão lembrados como os principais ícones de uma geração que venceu tudo no futebol europeu. A relação entre os dois funcionou muito bem dentro de campo, mas fora pode ter tido seus entreveros. 

Pelo menos é o que afirma o técnico sueco Hans Backe. Em entrevista ao canal TV4, de seu país, ele afirmou que o argentino humilhou o treinador na frente de seus companheiros.

O sueco não tem nenhuma ligação com o Barcelona e tampouco com os envolvidos, mas segundo o canal, as informações teriam sido obtidas quando Backe comandou Thierry Henry e Rafa Marquez, no New York Red Bulls, nos Estados Unidos. 

O incidente entre Messi e Guardiola teria ocorrido antes de uma partida do Barça, em 2009, quando Pep interferiu em um pedido do atacante, que gostaria de tomar refrigerante durante a refeição. "Não podemos tomar antes do jogo", disse o técnico. 

"Então Messi levantou e voltou com uma lata de Coca-Cola na mão, abriu e bebeu na frente do técnico espanhol. Imagina o que acontece quando um grande ícone como Messi desafia o técnico deste jeito. Era uma guerra que Guardiola não podia vencer. Era impossível", explicou o sueco. 

Essa não é a primeira vez que a soberba do argentino é citada. Em agosto, o o jornal espanhol El Confidencial, escreveu que Messi praticaria "bullying" com companheiros de time em treinos do Barcelona. De acordo com o jornal, dois jogadores da seleção sub-19 da Espanha que atuaram na base do Barça (Grimaldo e Deulofeu) teriam revelado que Messi provocaria e insultaria jogadores do clube menos famosos.

Dois dos alvos seriam os atacantes Alexis Sánchez e Cristian Tello. Em um treino, o argentino teria dito para o último: "O que você está fazendo? Você é novo, é um ninguém. Passa a bola para mim que você está aqui para jogar para mim." O espanhol teria chorado ao perceber que os outros jogadores do time consideraram a atitude normal.

Lionel Messi
Lionel Messi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos