Pelé diz que cirurgia impede 'rachão' com Phelps: "iria dar um baile nele"

Luiz Paulo Montes

Do UOl, em São Paulo

Dois dos maiores atletas da história se encontraram nesta quarta-feira em um evento do restaurante Subway, em São Paulo. Pelé e Michael Phelps se reuniram e deram uma espécie de clínica sobre hábitos saudáveis para um grupo de crianças.

Em seu discurso, Pelé, bem humorado, lamentou não poder bater uma bola com o ex-nadador, devido a uma cirurgia no quadril realizada há cerca de um ano.

"Infelizmente não vai dar para ser dessa vez o nosso rachão. Eu ia dar um baile nele aqui, com as crianças, mas fui operado há um tempo e estou impossibilitado. Fica para a próxima (risos)", brincou.

Enquanto Pelé ficou sentado, o americano se arriscou no futebol. Convidado, cobrou dois pênaltis em uma quadra de futebol de salão e teve 100% de aproveitamento.

Depois, Phelps ficou rolando a bola para as crianças finalizarem a gol. Entre sorrisos e brincadeiras, o maior medalhista olímpico de todos os tempos se divertiu e elogiou aqueles que marcavam."Good, good", dizia ele.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos