Brasileiro desconhecido derruba Lazio e classifica zebra na Liga Europa

Do UOL, em São Paulo

O atacante Juninho Quixadá, de 28 anos, saiu do banco para ser a estrela do Ludogorets Razgrad, da Bulgária, nesta quinta-feira (27). O brasileiro marcou um gol a dois minutos do fim que garantiu o time da Bulgária nas oitavas de final da Liga Europa, eliminando a Lazio, em Sofia.

A partida terminou empatada por 3 a 3 – o Ludogorets se classificou após ter vencido o primeiro jogo, na Itália, por 1 a 0.

Além de ter perdido a vaga no final, a Lazio ainda lamentou o fato de ter aberto 2 a 0, vantagem que segurou até os 9min do segundo tempo.

Foi quando o time búlgaro iniciou a reação; primeiro com Bezjak, aos 22min, e depois com Zlatinski, aos 33min – esse último, em uma falha do goleiro da Lazio, Marchetti, que segurou a bola quando ela já havia ultrapassado a linha do gol.

Miroslav Klose recolocou a Lazio no rumo das oitavas, marcando a 6 minutos do fim. Foi quando Juninho Quixadá, que passou pelo futebol do Ceará e pelo Bragantino antes de chegar ao Ludogorets, em 2011, foi chamado do banco de reservas para substituir o zagueiro Mantyla e tentar reverter o placar.

E aos 43min, Quixadá recebeu um lançamento, tocou por cima de Marchetti e marcou o gol que deu o empate e a vaga às oitavas para o Ludogorets, que agora enfrentará o Valencia.

Juventus, Fiorentina e Napoli "salvam" noite italiana

  • AFP PHOTO/STRINGER

    Se a Lazio não cumpriu o papel de chegar às oitavas, Juventus, Fiorentina e Napoli mantiveram os italianos na briga na Liga Europa. A equipe de Turim, vindo de uma vitória de 2 a 0 no jogo de ida contra o turco Trabzonspor, repetiu o placar na partida de volta; agora, enfrentará a Fiorentina, que eliminou o Esbjerg, da Dinamarca. Já o Napoli venceu o Swansea City por 3 a 1 e vai encarar o Porto, cuja classificação foi dramática: a equipe dos brasileiros Hélton, Danilo, Maicon, Alex Sandro e Carlos Eduardo conseguiu empatar por 3 a 3 com o Eintracht Frankfurt após estar perdendo por 2 a 0. O time português igualou o placar, tomou o terceiro gol e empatou novamente aos 41min da etapa final, com Ghilas. No primeiro jogo, em Portugal, as equipes haviam ficado no 2 a 2.

Sandro inova na barba, e Tottenham vence no sufoco

  • REUTERS/Eddie Keogh

    O volante brasileiro Sandro se destacou pelo novo estilo de sua barba, enquanto que o Tottenham sofreu para bater o Dnipro por 3 a 1, resultado que classificou o time londrino. O Dnipro, que já havia surpreendido no primeiro jogo, na Ucrânia, quando venceu por 1 a 0, abriu o placar com Zozulya no início da segunda etapa. Eriksen logo empatou e Adebayor marcou duas vezes para conseguir a vantagem que deu a vaga ao Tottenham. Mas não foi fácil: o Dnipro pressionou no fim da partida e quase marcou o gol que eliminaria a equipe inglesa. O Benfica, que superou o grego Paok, é o rival do Tottenham nas oitavas de final.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos