Fernandinho evita polemizar com Kalil: "deixa ele se queimar pela boca"

Bernardo Lacerda

Do UOL, em Belo Horizonte

Fernandinho
Fernandinho

O atacante Fernandinho foi oficialmente desligado do Atlético-MG pelo presidente Alexandre Kalil, que se manifestou pelo Twitter na noite de segunda-feira. Ainda na capital mineira, o jogador evitou falar sobre a saída conturbada do clube mineiro, mas não esconde frustração pelo desfecho das negociações. "Não estou entendendo nada".

Procurado pelo UOL Esporte, o atacante preferiu não polemizar com o presidente do Atlético. "Não estou podendo falar nada sobre isso, em um momento melhor a gente conversa. Deixa ele (Kalil) se queimar pela boca, pelo que está falando de mim, prefiro ficar mais calado, até para não aumentar a confusão", observou Fernandinho.

A declaração de "despedida" do dirigente atleticano via twitter não foi nada amigável. "Resolvi. Fernandinho, siga a sua vida! "Tchau e bença", escreveu o mandatário atleticano na noite de segunda-feira.

A relação entre jogador e clube estremeceu neste fim de semana. Emprestado ao clube mineiro até o fim de junho, mas sem a certeza se teria seus direitos econômicos comprados pelo Atlético, o atleta se recusou a viajar para o jogo contra o Criciúma para não completar sete partidas no Campeonato Brasileiro, o que o impossibilitaria de defender outra equipe brasileira na competição.

A situação irritou a diretoria do Atlético, que suspendeu o contrato do atacante. "Eu não entendi nada, estava tudo acertado para não viajar, já havia combinado isso e do nada eles mudaram isso e passaram a me atacar, não sei o que aconteceu, não entendi o porquê dos ataques", comentou rapidamente Fernandinho.

O vinculo do jogador com o Atlético iria até o dia 30 de julho. Para continuar na equipe, o clube mineiro teria de pagar R$ 11 milhões ao Al-Jazira. Em um primeiro momento, o valor foi considerado alto e os dois clubes iniciaram conversas na tentativa de reduzir a pedida ou por um novo empréstimo, situação esta que não teve acordo.

Agora sem contrato com o Atlético, Fernandinho segue em Belo Horizonte. O jogador, caso não seja negociado com outra equipe, terá de voltar para o Al-Jazira. Porém, o atacante vem recebendo sondagens de clubes brasileiros e aguarda uma definição. "Não tinha motivo para esta confusão toda, estava decidido uma coisa e eles mudaram isso. Mas acontece, infelizmente", lamentou Fernandinho.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos