São Paulo empresta Cañete ao Náutico e vai pagar 70% dos salários

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

As diretorias de São Paulo e Náutico firmaram nessa segunda-feira o acordo para o empréstimo do meia argentino Marcelo Cañete, de 24 anos, que estava afastado do elenco principal. O jogador é esperado no novo clube na próxima quarta-feira, para realizar exames médicos e assinar vínculo até o fim de dezembro, para a disputa da Série B. Para que o empréstimo fosse fechado, o São Paulo aceitou pagar 70% dos salários do argentino.

Cañete foi contratado pelo São Paulo em 2011, por R$ 4,5 milhões e chegou como grande aposta após boa passagem pela Universidad Católica, do Chile. Revelado pelo Boca Júniors, da Argentina, chegou a ser apontado pelo craque Juan Román Riquelme como seu sucessor no clube.

No São Paulo, o meia argentino conviveu com lesões ósseas e musculares, e não conseguiu ter continuidade. Quando voltou, com Ney Franco, no início de 2012, foi aproveitado, mas se descuidou com o preparo físico. Sofreu novamente com lesões e perdeu espaço até 2013, quando retornou. Jogou até na Copa Libertadores, teve algumas atuações de destaque, mas acabou afastado e emprestado à Portuguesa.

Em 2014, o técnico Muricy Ramalho pediu sua reintegração e ele chegou a ter algumas oportunidades. No fim de abril, no entanto, foi novamente afastado, assim como o compatriota Clemente Rodríguez, lateral esquerdo. Passou os últimos dois meses treinando no CT Laudo Natel, em Cotia, nas categorias de base do São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos