Topo

Futebol


Arena do Palmeiras deve receber show dos Stones em 2015

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

2014-08-13T12:11:25

13/08/2014 12h11

Os fãs de Rolling Stones podem começar a se preparar para receberem Mick Jagger e companhia no Brasil. A banda tem uma turnê pela América do Sul marcada para o fim de fevereiro e início de março de 2015 e deve ser o primeiro grande show do estádio do Palmeiras. 

Embora ainda não há documentos assinados, o acordo é tratado como praticamente certo pelo fato da AEG ser a empresa responsável pela gestão do Allianz Parque e também das turnês da banda.

O site de cultura pop Popload, inclusive, já divulgou uma tabela com a lista de locais pelos quais Rolling Stones passarão e coloca o estádio palmeirense entre eles. O Maracanã, no Rio de Janeiro, e o Mineirão, em Belo Horizonte, são os outros dois palcos que também terão o show no Brasil. A Argentina é outro lugar dado como certo para a passagem deles. 

A verba do evento, no entanto, não será repassada diretamente ao Palmeiras. No acordo entre clube e WTorre, construtora responsável pela arena, consta que apenas uma porcentagem irá para os cofres alviverdes em diferentes propriedades. Para locação, por exemplo, 20% da renda líquida será palmeirense. Para o dinheiro movimentado com alimentação e estacionamento, 5% serão repassados. Esse percentual aumenta a cada cinco anos.

O estádio do Palmeiras está na sua fase final de construção e começará a receber eventos testes a partir do fim de agosto. A expectativa da alta cúpula da WTorre é que o primeiro jogo aconteça no fim de setembro, embora a assessoria de imprensa negue esta informação.

Antes do show dos Rolling Stones, o estádio palmeirense deve receber outros eventos, mas com menor repercussão mundial. A chegada da banda inglesa, no entanto, sempre foi um sonho do presidente da construtora,  Walter Torre Júnior.

O estádio do Palmeiras teve um investimento aproximado de R$ 550 milhões e com toda a verba da iniciativa privada. A WTorre terá o direito de explorar o equipamento por 30 anos.

Mais Futebol