Santos demite Oswaldo de Oliveira e negocia com técnico Enderson Moreira

Pedro Ivo Almeida e Samir Carvalho

Do UOL, no Rio de Janeiro e em Santos

  • Alexandre Schneider/Getty Images

    Somando três passagens - duas como técnico -, Oswaldo teve 60 partidas no Santos e atingiu 34 vitórias

    Somando três passagens - duas como técnico -, Oswaldo teve 60 partidas no Santos e atingiu 34 vitórias

Um dia depois de o Palmeiras ter dispensado o técnico argentino Ricardo Gareca, mais um grande do futebol paulista está sem treinador. O Santos anunciou nesta terça-feira (02) a demissão de Oswaldo de Oliveira, que comandava a equipe do litoral desde o início da temporada.

Enderson Moreira, que negociava com o Vasco nos últimos dias, recusou a proposta carioca e já negocia com o clube santista para ocupar a vaga de Oswaldo.

O treinador com passagens recentes por Goiás e Grêmio tinha negociação adiantada para substituir Adilson Batista no comando do Vasco, mas interrompeu as conversas. Segundo pessoas que trabalham na equipe carioca, ele tomou essa decisão porque encaminhou um acordo com o Santos, que ofereceu um salário maior e um contrato até o fim de 2015.

Nesta tarde, o presidente do Santos, Odílio Rodrigues, fez um agradecimento a Oswaldo: "Agradecemos ao treinador pelo seu empenho, seriedade e profissionalismo durante os oito meses em que esteve à frente da equipe e desejamos a ele muito êxito na sua carreira". A demissão não foi unanimidade na diretoria da equipe paulista.

Oswaldo deixou o Santos na 11ª posição do Campeonato Brasileiro, com 23 pontos ganhos em 18 jogos. Além disso, o time alvinegro bateu o Grêmio por 2 a 0 fora de casa na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

No entanto, pesou contra o técnico o rendimento irregular do Santos na temporada. Em agosto, por exemplo, o time do litoral paulista registrou três vitórias e cinco derrotas em oito partidas.

Essa oscilação vinha marcando o desempenho do Santos desde o fim da Copa. Foram 12 jogos depois do Mundial, e o time da Vila Belmiro conseguiu sete derrotas e cinco vitórias.

Nesta tarde, o treino do Santos já será comandado por Marcelo Fernandes e Edinho, que eram auxiliares de Oswaldo. A diretoria alvinegra ainda não explicou os motivos para ter dispensado o técnico.

Veja a nota oficial publicada no site do Santos:

Na tarde desta terça, o treinamento será comandado pelos auxiliares Marcelo Fernandes e Edinho.

Em sua terceira passagem pelo clube, a segunda como treinador, Oswaldo de Oliveira comandou o time em 44 oportunidades. Foram 25 vitórias, nove empates e 10 derrotas. Em 2014, ele chegou ao vice-campeonato Paulista e deixa o Alvinegro nas oitavas de final da Copa do Brasil e na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro.

Somando as passagens – a primeira como técnico aconteceu em 2005 -, Oswaldo soma 60 partidas no comando do Santos FC. Foram 34 vitórias, 13 empates e 13 derrotas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos