Topo

Futebol


Times do G-4 do Brasileirão são únicos que não trocaram de técnicos em 2014

Do UOL, em São Paulo

2014-09-03T11:00:00

03/09/2014 11h00

A demissão de Oswaldo de Oliveira deixou apenas quatro clubes do Brasileirão com os mesmos técnicos desde o começo do ano. Cruzeiro, Internacional, São Paulo e Corinthians foram os únicos que não trocaram de treinadores nesta temporada.

Coincidentemente, as quatro equipes são as que terminaram rodada do último fim de semana entre os quatro primeiros do Brasileirão, na faixa de classificação para a Libertadores.

Dos quatro clubes, Marcelo Oliveira, atual campeão brasileiro, é quem está há mais tempo em um clube. Ele é treinador do Cruzeiro desde dezembro de 2012. Já Muricy Ramalho assumiu o São Paulo no segundo semestre de 2013, quando salvou o time do rebaixamento.

Também em 2013, Abel Braga se tornou técnico do Inter. Mano Menezes é quem está há menos tempo no comando do clube, mas, no Corinthians desde o início de 2014, ele resistiu até a eliminação prematura do Campeonato Paulista.

O Fluminense, quinto colocado, não trocou de técnico durante o Campeonato Brasileiro. Mas, Cristóvão Borges assumiu o comando do clube, na vaga de Renato Gaúcho, depois que a temporada já havia começado, no começo de 2014.

Situação semelhante vivem Botafogo e Sport. Os dois clubes também tiveram troca de comandantes antes do início do Brasileirão.

No entanto, os outros 13 clubes que disputam o Campeonato Brasileiro já trocaram de pelo menos um treinador. Alguns já chegaram a mudar mais de uma vez.

O Palmeiras é o mais novo integrante deste grupo que já trocou de treinador mais de uma vez. No Brasileirão, a equipe já demitiu Gilson Kleina e Ricardo Gareca. Flamengo, Figueirense, Vitória, Criciúma e Atlético-PR também já perderam mais de um técnico.

Mais Futebol