Compositor do hino do Cruzeiro, Jadir Ambrósio morre aos 91 anos

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Cruzeiro/Divulgação

    Compositor e músico Jadir Ambrósio, que estava internado, morreu nesta terça-feira

    Compositor e músico Jadir Ambrósio, que estava internado, morreu nesta terça-feira

Autor do hino do Cruzeiro, o compositor Jadir Ambrósio faleceu na manhã desta terça-feira em um hospital da capital mineira. O músico, de 91 anos, estava internado há um mês para se tratar de problemas nos rins e no coração.

O corpo de Jadir Ambrósio será velado a partir das 15h, no Cemitério Bosque da Esperança, localizado na região norte de Belo Horizonte. O sepultamento será na manhã desta quarta-feira, às 10h.

Jadir escreveu o hino oficial do Cruzeiro em 1965 para concurso promovido pela rádio Inconfidência, de Belo Horizonte. Ele morava no Bairro Cachoeirinha desde a década de 50.  

O reconhecido trombonista também foi autor de sambas gravados por músicos famosos, como Agnaldo Timóteo e Luiz Gonzaga. Jadir ainda foi professor e amigo da cantora mineira Clara Nunes.

Além do hino celeste, Jadir Ambrósio teve outras músicas famosas como Buraco de tatu, Chô passarinho e Domenique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos