Topo

Futebol


Jovem da base do Cruzeiro paga fiança após fugir de blitz da Lei Seca em BH

Reprodução/TV Globo
Léo Bonatini cobra o rosto após ser detido pela Polícia Militar de Minas Gerais Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em Belo Horizonte

2014-12-31T12:20:43

31/12/2014 12h20

Preso em flagrante na noite da terça-feira passada após tentar fugir de uma blitz da Lei Seca implantada pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e capotar o carro na região central da capital mineira, o atacante Léo Bonatini, das categorias de base do Cruzeiro, pagou uma fiança de R$ 10 mil e deixou a delegacia nesta manhã.

O atleta de 20 anos chegou a fazer o teste do bafômetro na noite passada, mas o resultado foi abaixo do mínimo exigido para o flagrante. Encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), a jovem promessa do Cruzeiro recusou-se a ceder material genético para o exame.

Léo Bonatini foi submetido a uma avaliação química do médico legista de plantão, que diagnosticou a embriaguez do jovem. Segundo o legista, o atleta estava também com a capacidade psicomotora alterada.

O atacante responderá a dois processos: um administrativo e outro criminal por colocar em risco a vida de terceiros. Ele recebeu multa de R$ 1.917, teve a habilitação retida, o direito de dirigir suspenso por 12 meses, além da retenção do veículo.

De acordo com o Batalhão de Trânsito da Polícia do Militar, o atleta seguia pela Rua Mato Grosso com um Honda Civic branco quando avistou uma blitz da Lei Seca na esquina com a Avenida Bias Fortes. O atacante desobedeceu uma ordem policial e se recusou a parar, atravessando o canteiro central e fugindo pelo elevado Helena Greco em direção à Avenida Pedro II, no Bairro Caiçara.

O jogador perdeu o controle do veículo ao tentar fazer uma curva, capotou e acertou um Fiat Punto que estava na via. O atacante do Cruzeiro sofreu escoriações no pé enquanto os passageiros do outro carro não sofreram ferimentos.

Léo Bonatini destacou-se entre os juniores do Cruzeiro e logo foi emprestado a Juventus, da Itália. Sem se firmar no futebol europeu, retornou à Toca da Raposa para defender a equipe de juniores. Posteriormente, foi repassado ao Goiás, onde também não obteve sucesso. Neste fim de ano, ele recebeu uma proposta do Estoril, de Portugal, e negocia para ir ao clube por empréstimo.

Mais Futebol