Para sair da lama, Portuguesa aposta em gigante boliviano pinçado na web

Luis Augusto Simon

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Arsenal

    Samuel Galindo já teve passagem pelas categorias de base do Arsenal

    Samuel Galindo já teve passagem pelas categorias de base do Arsenal

O boliviano Samuel Galindo, meia canhoto de 1,90m, é uma das apostas da Portuguesa para o Paulistão.

Com 17 anos, em 2010, estreou na seleção de seu país e foi contratado pelo Arsenal ao Real America, por 500 mil euros. Com dificuldades para conseguir visto de trabalho, nunca atuou no time principal. Participou apenas de amistosos do sub-21.

Foi emprestado seguidamente para equipes como Salamanca, Gimnastic de Tarragona e Lugo, de onde voltaria para o Oriente Petrolero. Foi "interceptado" pelo computador de Aílton Silva, treinador da Lusa.

Assinante do programa instatscout.com, Aílton o utilizou como ferramenta para ajudar na contratação de 15 novos jogadores para a Portuguesa.

O programa mostra a frequência com que os atletas têm atuado, um dos requisitos exigidos pelo técnico. "Nós precisamos errar o mínimo na Portuguesa. O tempo é curto e não adianta ter jogador que vai demorar seis meses para entrar em campo", diz Aílton.

No caso de Galindo, o programa deve mostrar números diversos do site www.transfermarket.es que mostra a participação do jogador em apenas sete jogos na temporada. Em apenas um deles, começou como titular.

De qualquer forma, Galindo tem algo em comum com a Portuguesa: a necessidade de reconstrução. "Queremos gente digna, disposta a fazer de tudo pela Portuguesa, pronto para ajudar na volta para bons momentos. O que eu pedi e consegui foram jogadores em atividade, com capacidade de adaptação tática e com personalidade", diz Aílton.

Adaptação tática? "Sim, gosto de jogadores dispostos a ajudar na recomposição e compactação. Não adianta jogar só com a bola", afirma.

Entre os contratados, Aílton cita:

Bruno Bertucci: "Eu o conhecia desde os tempos de Corinthians e Bragantino. Esteve na Suíça e no Azerbaijão. Lateral esquerdo."

Paulo Henrique: "Já atuou no Santos e disputou a Série B pelo América de Natal. Lateral esquerdo."

Felipe: "Estava na Cabofriense e também já atuou no Santos. Lateral direito."

Betinho: "Disputou duas vezes a Série B pelo Boa Esporte. Fez mais de 50 jogos. Volante."

Hugo: "Atacante, que pode jogar centralizado ou pelo lado. Já atuou no São Caetano e no Náutico. Estava no Japão."

Alex Lima: "Zagueiro firme, de boa qualidade, estava no Ceará."

Os nomes não entusiasmam. Fonseca sabe disso e responde, com bom humor. "Conca e Luís Fabiano seriam bem vindos. O Cristiano Ronaldo, também, mas a realidade é outra. É dura, mas o trabalho fascina. Vamos apostar no conjunto para honrar a camisa da Lusa".

E até onde dá para chegar. "Chega de tragédia. A torcida pode ter certeza que não haverá rebaixamento. Já foram dois seguidos e acabou. Vamos fazer um campeonato digno e depois pensar na Série C".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos