Palmeiras se acerta com Arouca, mas Santos exige dinheiro para liberar

Danilo Lavieri e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo em Santos (SP)

  • Reinaldo Canato/UOL

    Arouca protege a bola durante clássico entre Santos e Palmeiras no Pacaembu

    Arouca protege a bola durante clássico entre Santos e Palmeiras no Pacaembu

O Palmeiras está acertado com Arouca. Clube e jogador já se entenderam em relação a tempo de contrato, valores de salários e tudo o que envolveria o vínculo do volante com a equipe do Palestra Itália.

O problema é que o Santos, clube do jogador, faz jogo duro e exige dinheiro para que a negociação ocorra. Seu contrato vai até 2016.

Já os palmeirenses gostariam que Arouca saísse da Vila Belmiro pela Justiça, usando os salários atrasados como modo de rescindir o contrato com o Santos.

Ainda não está descartado, porém, o investimento por parte da diretoria comandada por Paulo Nobre e Alexandre Mattos.

Arouca já avisou que não quer deixar a equipe da Baixada Santista pelas portas dos fundos. Seu estafe deixou claro que gostaria da liberação em comum acordo, sem a necessidade de meios judiciais.

O volante seria mais um pedido de Oswaldo de Oliveira, treinador recém-chegado. Os dois já trabalharam juntos no Santos no ano passado. Outro santista, o goleiro Aranha, também disse ter recebido proposta palmeirense.

Ele também chegaria com o status de segunda estrela do pacote de contratações, ao lado de Zé Roberto. Além dele, a diretoria ainda sonha com Réver para ser mais um nome dos reforços de peso. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos