Flamengo aproveita erro bobo do Vasco, vence e mantém hegemonia no clássico

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Flamengo aproveitou-se de um erro infantil do meia Sandro Silva para vencer o Vasco por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, na Arena da Amazônia, em Manaus, pelo torneio Super Series. O resultado manteve a hegemonia do Rubro-Negro de mais de dois anos sem perder para o rival e frustrou os planos do presidente do Cruzmaltino, Eurico Miranda, que encarava o clássico como um "campeonato à parte".

Caso o o clube da Gávea vença o São Paulo no próximo domingo, às 17h (horário de Brasília), no mesmo local, fica com o título independentemente do placar entre o Tricolor paulista e o adversário carioca, que se enfrentam nesta sexta.

Fases do jogo: A partida começou e o clima em nada se pareceu com um amistoso. Muito brigado e com divididas ríspidas, as equipes disputavam um típico Flamengo x Vasco. O Rubro-Negro começou com mais controle de jogo e, na base do toque de bola, tentava chegar ao gol adversário. Em duas oportunidades, levou certo perigo, mas na hora da conclusão, ou esbarrou na defesa vascaína ou no goleiro Martin Silva.

O Cruzmaltino, porém, foi quem criou as melhores oportunidades na etapa inicial. No grande lance do primeiro tempo, Bernardo deu um belo passe para Marcinho, que dominou dentro da área e chutou, para a bela defesa de Paulo Victor. O goleiro rubro-negro, aliás, proporcionou outro momento marcante ao pegar de forma elástica uma cabeçada do zagueiro Luan, que estava impedido. O camisa 48, no entanto, deu um pequeno chute em uma falta de Bernardo, onde teve certa dificuldade em defender.

O segundo tempo também começou disputado, mas o Flamengo se beneficiou da besteira que cometeu Sandro Silva, ao tentar enfeitar sendo o último homem. Everton, que não tinha nada a ver com isso, saiu na cara do gol e tocou com calma para o fundo da rede aos 8 minutos.

O melhor – Paulo Victor: O goleiro fez, pelo menos, duas grandes defesas, além de demonstrar segurança em outros lances.

O pior – Sandro Silva: Praticamente sem atuar de forma oficial durante um ano, quando ficou afastado pelo Vasco em 2014, Sandro Silva quis fazer graça e driblar de letra sendo o último homem. Acabou perdendo a bola para Everton e o rubro-negro fez o gol para o Flamengo.

Chave do jogo: A partida acabou sendo decidida através de um típico erro de início de temporada, quando os jogadores ainda estão sem ritmo de jogo. Além do erro crucial de Sandro Silva, ambas as equipes proporcionaram lances pouco comuns de passes e domínios de bola.

Para lembrar:
- O torneio Super Series inovou ao tocar os hinos dos clubes antes da partida, já com os times perfilados.

- Também antes da bola rolar, foi respeitado um minuto de silêncio pelo falecimento do pai de Guiñazu.

FLAMENGO 1 X 0 VASCO
Data/hora: 21/01/2014, às 22h (de Brasília)
Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Árbitro: Edmar Campos da Encarnação
Auxiliares: Anne Kesy Gomes de Sá e Marcos Santos Vieira
Público: 21.915 pagantes
Cartões amarelos: Anderson Pico, Cáceres, Arthur Maia (FLA); Christiano, Montoya (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Everton, aos 8 minutos do segundo tempo (FLA)

Flamengo
Paulo Victor; Léo Moura (Pará), Wallace, Samir e Anderson Pico; Cáceres (Márcio Araújo), Canteros e Arthur Maia (Mugni); Everton (Luiz Antônio), Nixon (Alecsandro) e Marcelo Cirino (Bressan)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Vasco
Martin Silva; Jean Patrick (Nei), Luan, Rodrigo e Christiano; Guiñazu (Lucas), Sandro Silva (Julio dos Santos) e Bernardo (Marquinhos do Sul); Marcinho, Rafael Silva (Yago) e Montoya
Técnico: Doriva
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos