Topo

Futebol


Arrascaeta explica escolha pelo Cruzeiro e quer justificar investimento

Thiago Fernandes/UOL Esporte
Giorgian De Arrascaeta é apresentado na sede administrativa do Cruzeiro Imagem: Thiago Fernandes/UOL Esporte

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

2015-01-23T13:30:50

23/01/2015 13h30

Giorgian De Arrascaeta foi apresentado, na tarde desta sexta-feira, como a segunda contratação mais cara da história do Cruzeiro. Atrás apenas de Dedé, o meia-atacante que teve 50% de seus direitos adquiridos por quatro (4) milhões de dólares (cerca de R$ 12 milhões) explica por que optou pelo bicampeão brasileiro em detrimento do Internacional e traçou o objetivo de faturar a Taça Libertadores da América nesta temporada.

“Quando jogamos na Libertadores, obviamente que me impactou a torcida que tem esse clube. E creio que isso me ajudou a escolher (o Cruzeiro ao invés do Internacional). O presidente (Gilvan de Pinho Tavares) também me tratou de uma forma legal. Creio que jogar pelo Cruzeiro vai ajudar a minha carreira”, afirmou.

“Quando me falaram de vir para o Cruzeiro, lembrei que tinha enfrentado e me parecia um lindo clube. Vim pelo desejo de jogar a Libertadores e porque sei que será importante para a minha carreira”, acrescentou.

Recepcionada por 150 torcedores no desembarque no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, a joia do futebol voltou a receber o carinho da torcida nesta manhã, quando o mesmo número de pessoas foi à sede administrativa do clube para celebrar a sua contratação. Feliz com a afeição dos cruzeirenses, ele destaca a necessidade de retribuir todo o investimento feito em seu futebol.

“O clube fez o seu esforço para contar comigo por cinco temporadas. Agora tenho que mostrar tudo isso e fazer as coisas dentro de campo. A melhor maneira de ir crescendo é trabalhando em campo”, declarou.

Embora tenha 20 anos, Giorgian De Arrascaeta tem experiência de sobra, sobretudo na Libertadores, obsessão da diretoria do Cruzeiro para a atual temporada. O jogador conduziu o Defensor Sporting, do Uruguai, no ano passado, à semifinal do torneio e já defendeu a seleção de seu país, atuando ao lado de grandes nomes do futebol mundial.

“Obviamente que a carreira que tenho pode ajudar. Joguei a Libertadores no ano passado e, anteriormente, fiz partidas com Suarez, Cavani... Isso me ajuda muito a crescer no futebol e como pessoa. Eles me passaram coisas que creio que foram valiosas. Vai ser um lindo desafio jogar pelo Cruzeiro”, concluiu.

Em sua apresentação à imprensa, na sede administrativa do Cruzeiro, Arrascaeta foi acompanhado de Daniel Fonseca, seu representante, e André Cury, intermediário da negociação. O apoiador assinou contrato de cinco temporadas com o bicampeão brasileiro.

Mais Futebol