Lateral do Figueirense sofre fratura após carrinho e jogo é suspenso

Do UOL, em São Paulo

Era para ser apenas um amistoso, mas terminou de forma trágica neste domingo. Durante o último jogo antes do início do Campeonato Catarinense, o lateral Juninho, do Figueirense, deixou o gramado do Orlando Scarpelli com uma fratura na fíbula. O jogador sofreu uma dura entrada do volante Ceará, do Guarani de Palhoça.

O lance aconteceu já no segundo tempo. Ceará, que havia entrado há pouco tempo no jogo, acertou um carrinho firme na região do tornozelo de Juninho. O lateral do Figueirense (que jogou no ano passado no Palmeiras) sentiu a lesão na hora e desabou no gramado.

A situação fez com que o time alvinegro se revoltasse e uma ligeira confusão começou. Sem clima, a partida terminou sem o apito final.

Chorando muito, Juninho foi atendido ainda no gramado e deixou o local de maca, com a perna imobilizada. Pouco tempo depois, a fratura foi identificada pelos médicos. O atleta acabou passando por uma cirurgia no local.

Um dos mais revoltados com a situação era o técnico Argel Fucks, do Figueirense. De acordo com o treinador, Ceará deveria ter saído do Scarpelli "preso". 

"É muito difícil. Um jogador que a gente trouxe com tanto carinho, com certeza foi uma contratação muito esperada pela equipe e torcida e acontece isso. Isso foi uma entrada criminosa. Não é uma jogada de jogo. É para ser preso, para sair no camburão da polícia! Isso não é futebol, é UFC", afirmou em entrevista reproduzida pelo Diário Catarinense. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos