Carro novo vira xodó do goleador corintiano Malcom, que ainda nem tem carta

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Robson Ventura/ Folhapress

    Malcom fez os dois gols do Corinthians diante da Portuguesa, na terça-feira

    Malcom fez os dois gols do Corinthians diante da Portuguesa, na terça-feira

Os últimos dias têm sido de conquistas para o corintiano Malcom, 18 anos.

Ele ainda se surpreende com os próprios feitos, como os dois gols marcados na vitória do Corinthians sobre a Portuguesa, na última terça-feira, em Itaquera. Nas entrevistas e nos telefonemas que recebeu depois do jogo, repetiu sempre a mesma coisa: "eu não esperava".

Os gols que têm marcado como titular serviram para coroar uma fase artilheira, quem sabe, na chegada à vida adulta. Malcom atingiu a maioridade no último dia 26 de fevereiro e realizou o sonho de quase todos os jovens. Com o salário de R$ 9 mil que ainda recebe enquanto não renova seu contrato, elegeu um Hyundai I30 como primeiro carro (um modelo zero custa em torno de R$ 75 mil).

Nos dias seguintes, seu estafe trabalhou para que Malcom pudesse, de fato, brincar com sua nova conquista. Antes mesmo de a carteira de habilitação ficar pronta, o atacante já guia o próprio carro ao Centro de Treinamento Joaquim Grava. Ele fez aulas e foi aprovado para dirigir, mas ainda tem apenas um protocolo fornecido pelo Detran-SP. 

Eufórico quando comprou seu carro, Malcom disparou mensagens aos amigos de clube pelo aplicativo WhatsApp. Já a namorada Jennypher, com quem se relaciona desde os tempos de divisões de base, sofreu com os ciúmes do atacante por seu I30. Em um momento no volante, ela hesitou e despertou a irritação do companheiro por ter riscado o veículo. Em contato com a reportagem após a publicação da reportagem, a mãe de Jennypher frisou que a jovem apenas estava aprendendo a dirigir com o namorado na garagem de um prédio. 

Os gols e o carro são conquistas mais recentes de Malcom, nova esperança do Corinthians em ter um craque feito em casa que não seja vendido antes de efetivamente estourar. Desde o fim de 2013, a vida do jovem que chegou ao clube com 11 anos tem sido assim. Uma surpresa atrás da outra, como os gols feitos na Portuguesa.

Reserva durante boa parte do Campeonato Paulista sub-17 daquele ano, pois era mais jovem que os demais colegas, ele ganhou a posição na fase final e acabou como campeão e principal destaque. No mês seguinte, aparecia como maior surpresa entre os inscritos para a Copa São Paulo. Era o número 30 do elenco de 25 escolhidos. Ninguém esperava que ele estaria ali e ele levou o time até a final. 

Revelação do último Campeonato Brasileiro e aposta pessoal do treinador Mano Menezes, Malcom trocou de bairro e foi morar em apartamento no Tatuapé, bairro predileto de quase todo o elenco do Corinthians. Aos 18 anos, ele surpreende os empresários pela maturidade: dar casa aos pais e aos avós é próxima prioridade. O salário, por enquanto modesto, deve mudar em breve.

Nesta quinta-feira, os empresários de Malcom se reúnem com a diretoria do Corinthians para tentar ajustar as diferenças entre as partes. O clube quer pagar R$ 40 mil mensais, mas o estafe tenta, se possível, o dobro do valor. A expectativa dos agentes é de dinheiro rápido, já que há sondagens importantes da Europa. Em caso de venda, só 30% ficará para os cofres corintianos. Todo o restante pertence aos sócios da empresa Elenko Sports. 

Malcom, assegura seu entorno, não tem pressa. Tem treinado muitas finalizações para fazer gols como fez contra o São Bernardo, há duas semanas, e também na terça-feira. Sabe que está no caminho certo. 

Detran faz esclarecimento

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) esclarece que não procede a informação de que um protocolo é o suficiente para que o candidato que ainda não recebeu sua permissão para dirigir (CNH provisória) possa conduzir. A Carteira Nacional de Habilitação é documento de porte obrigatório, e portanto, não pode ser substituída. Conduzir veículo sem possuir CNH ou Permissão para Dirigir é infração gravíssima (artigo 162 do CTB): multa de R$ 574,62, inserção de sete pontos no prontuário do condutor e retenção do veículo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos