Topo

Futebol


Fim de carreira? Ronaldinho Gaúcho já é um profissional da música

Juliana Alencar

Do UOL, em São Paulo

2015-03-31T06:00:00

31/03/2015 06h00

Na festa de arromba por seu aniversário de 35 anos (completou no último dia 21), Ronaldinho Gaúcho, acredite, tratou de negócios. Nada sobre futebol, que, segundo amigos, pretende relegar às peladas de fim de semana mesmo antes do término do contrato com Querétaro, em 2016. O jogador eleito melhor do mundo pela Fifa por duas vezes agora quer seguir os passos de Pelé... na música.

Próximo à aposentadoria, Ronaldinho vem investindo na carreira de compositor. Já tem cerca de 30 canções escritas, feitas em parceria com amigos. A maioria delas composta na época em que jogava no Atlético-MG, entre 2012 e 2014. Durante as festas que promovia em suas mansões, em Belo Horizonte e no Rio, ele sentava com amigos para "tirar um som". 

"Ronaldinho é muito musical. É como se tivesse trazido a ginga dos campos para a composição. Tem muito suíngue", afirma Jhama, um dos parceiros musicais do meia-atacante.

Jhama é o vocalista do Trio Ternura,  formado no Vidigal, morro da zona sul do Rio.  Os dois se conheceram quando Ronaldinho defendeu o Flamengo, em 2011. Neste mês, o grupo lançou "Vem pra Mim", primeira composição gravada do jogador. A canção não tem gênero definido, mas lembra o charme carioca.

"Ronaldinho compõe de tudo. Funk, pagode... Não há uma distinção de estilo", comenta o compositor, que diz que Gaúcho o talento também se estende às letras. Em uma das composições, o atleta faz uma homenagem à apresentadora global Ana Maria Braga. "Minha Amiga" deve ser a próxima a ganhar uma gravação, também pelo Trio Ternura. "É uma citação, numa música mais lenta", explica. 

O gosto pela música já é antigo. Ronaldinho sempre gostou de puxar a roda de samba nos eventos entre amigos. Profissionalmente, antes de se aventurar pela composição, ele já tinha aceitado a participar, como intérprete, de "Vamos Beber  (Joga o Copo pro Alto)", com a  dupla sertaneja João Lucas & Marcelo e Dennis DJ. Agora,  vai repetir a parceria com os cantores  de "Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha" em  "Deixa o Relógio Rodar".

Desta vez, ele ajudou a compor. A canção ainda não tem previsão de lançamento.  Era o "negócio"  do qual Ronaldinho tratou na festa de 35 anos, no México. Há duas semanas, Ronaldinho hospedou João Lucas e Marcelo em sua mansão para gravá-la por lá.

Mais Futebol