Cruzeiro antecipa reunião com o Náutico por manutenção de apoiador

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/LightPress

    Cruzeiro enviará supervisor de futebol ao Recife para negociar manutenção de Marcos Vinícius

    Cruzeiro enviará supervisor de futebol ao Recife para negociar manutenção de Marcos Vinícius

O Cruzeiro está atento à situação de Marcos Vinícius. Bastou dois jogos do meia-atacante, um como titular e outro na condição de suplente utilizado, para a diretoria se movimentar e agendar uma reunião entre o supervisor de futebol Benecy Queiroz e membros da diretoria do Náutico, detentor dos direitos econômicos do jovem de 20 anos.

A ideia da cúpula bicampeã brasileira é reduzir o valor imposto – R$ 900 mil por metade dos direitos econômicos – ou alterar a forma de pagamento exigida pelo clube de Pernambuco para adquirir o apoiador em definitivo.

O atual vínculo de Marcos Vinícius com o Cruzeiro se encerra em dezembro deste ano, mas o clube pode exercer o direito de compra do atleta até o dia 30 de agosto, segundo o supervisor de futebol Benecy Queiroz. A diretoria do Náutico, entretanto, assegura que o prazo para a compra dos direitos é julho deste ano.

A cúpula da agremiação do Recife não deve fazer objeção à tentativa dos mineiros, uma vez que vive situação financeira delicada. Apesar disso, outros clubes da elite do futebol brasileiro sonharam com a possibilidade de contratá-lo, conforme revelado por Carlos Kila, gerente de futebol do Náutico.

"Eles têm o direito, até julho, para fazer a opção de compra. Se não fizerem, temos inclusive outros clubes interessados em fazer a compra do jogador. São clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, mas não gostaria de revelar os interessados", afirmou ao UOL Esporte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos