Topo

Futebol


Inter renova com patrocinador e pode ganhar R$ 5 mi a mais

Divulgação/AI Inter
Novo acordo com Banrisul permite ao Inter vender cota da região dos ombros da camisa Imagem: Divulgação/AI Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

2015-08-19T06:00:00

19/08/2015 06h00

O Internacional vai seguir estampando o mesmo patrocínio master em sua camisa por mais quatro anos. O clube acertou, na semana passada, a renovação com o Banrisul – banco do estado do Rio Grande do Sul. A quantia paga pela instituição diminuiu, mas abriu uma brecha para o Colorado ganhar até R$ 5 milhões a mais.

Inter e Banrisul mudaram as bases do contrato atual, que se iniciou em 2001 e foi sendo ampliado, além de acrescentar bônus por títulos. O valor anual caiu de R$ 13 milhões para R$ 12,8 mi, mas o banco cedeu sobre outro espaço na parte frontal da camisa. A chamada altura dos omoplatas, que na verdade se encontra próxima do ombro.

Além disto, a prestação de serviço financeiro do clube seguirá toda com a marca e taças como Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores renderão premiação extra.

A área dos ombros deverá ser ocupada ainda neste ano e a previsão do Internacional é que renda entre R$ 3 e R$ 5 milhões a mais por temporada. Recentemente a 99Taxi tentou acordo, mas esbarrou na cláusula do antigo contrato. O documento antigo, contudo, permitia exploração de mais uma área da parte frontal da camisa em caso de classificação à final da Copa Libertadores. Nas mangas o clube seguirá com a Tramontina, parceira desde 2005.

“O novo contrato é melhor que o antigo, houve uma redução na cota, mas a abertura de possiblidade para negociação com outro patrocinador. Já estamos analisando o mercado para tratar disso”, afirmou Luiz Henrique Nuñez, vice de marketing do Inter.

No início de julho, o Internacional fez vazar a história de que foi à Itália em busca de acordos comerciais com a Ferrari e também a grife Giorgio Armani. O assunto nunca mais foi tocado. Pelo contrário, a renovação contratual com a Nike deverá ocorrer. O atual vínculo com a fornecedora esportiva se encerra em janeiro e reuniões serão realizadas nesta semana para tratar da ampliação.

Mais Futebol