Topo

Futebol


Presidente do Corinthians não vê Pato no time: "até ele vai assumir isso"

Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Alexandre Pato pode voltar a vestir a camisa do Corinthians caso não seja negociado Imagem: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Do UOL, em São Paulo

2015-10-26T21:59:49

26/10/2015 21h59

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, confirmou nesta segunda-feira (26) que a intenção do Corinthians é negociar Alexandre Pato no início do próximo ano e foi além, afirmando que o próprio atacante prefere ser negociado.

“Ele terá que se reapresentar no Corinthians (caso não seja vendido), pois tem mais um ano de contrato. Não tenho dúvida (que é melhor vender), até o Pato, se você perguntar para ele, vai assumir isso. Ele saiu do ano passado e só tem o vínculo contratual (com o Corinthians). Se o Corinthians não conseguir vender, ele vai ter que voltar”, declarou o mandatário à Fox Sports, deixando clara a posição do clube alvinegro em relação ao tema.

Roberto de Andrade ainda explicou a reunião realizada entre ele, Alexandre Pato e Kia Joorabchian em uma pizzaria de São Paulo. Após o atacante confirmar a reunião e explicar que precisava saber qual seria seu futuro, o mandatário do Corinthians deu sua versão sobre o ocorrido.

“Não adianta nós ficarmos pensando se o Pato vai voltar, se vai ser vendido. Qualquer movimentação precisa ter a aceitação do atleta. Fomos jantar para saber a vontade dele. Ele também quer ser vendido e ter uma oportunidade melhor na Europa. Sem o jogador dar esse ‘ok’, para que iremos trabalhar?”, questionou Roberto.

Com um alto valor investido na contratação do atacante, cerca de 15 milhões de euros, Roberto de Andrade não quis criticar o negócio, que foi conduzido por seu antecessor, Mário Gobbi.

“Falar depois do acontecido é fácil, estamos cheios de engenheiro de obra pronta. Se ele tivesse estourado, ele seria endeusado. A contratação foi errada pela parte técnica, porque ele não jogou. Não trouxemos o Pato para ganhar dinheiro, mas para dar retorno técnico dentro de campo. Na parte comercial, todo mundo sabe que, se pegar os jogadores que compramos, o maior é o Pato. Mas toda hora (as contratações) acontecem, você acerta, você erra. Se fizermos uma conta financeira, ganhamos ‘meio Pato’ na venda do Paulinho (para o Tottenham)”, avaliou Roberto.

Por fim, o mandatário ainda confirmou que a renovação do meia Renato Augusto, um dos principais jogadores do elenco que encaminha o título brasileiro, está próxima de acontecer.

“A gente já conversou um pouco sobre renovação, ele se mostrou bastante solícito em relação à renovação. A vontade do atleta também é jogar a Champions, nos maiores estádios do mundo, mas pode fazer isso daqui a dois anos. Ele é novo ainda, e nós vamos fazer a renovação dele”, concluiu o presidente corintiano. 

Mais Futebol