Chineses querem tirar Rooney do Manchester United, diz imprensa inglesa

Do UOL, em São Paulo

  • Jon Super/AP

    Atacante é desejo de liga chinesa após injeção bilionária de verba de TV

    Atacante é desejo de liga chinesa após injeção bilionária de verba de TV

Wayne Rooney pode trocar o Manchester United pelo futebol chinês. O rumor foi divulgado com destaque nesta terça-feira pelos principais jornais da Inglaterra.

Segundo o diário The Guardian, um novo acordo de TV renderá à Chinese Super League (CSL) uma verba superior a R$ 4,6 bilhões. E a própria entidade pretende investir parte deste valor na compra de um astro conhecido mundialmente – no caso, Rooney.

O tablóide The Sun afirma que o objetivo dos chineses é levar Rooney para se aposentar jogando no país, de forma a atrair outros jogadores de renome à liga local. O atacante ainda tem três anos de contrato com o Manchester United.

"Não há indícios de um acordo a caminho com Rooney, mas seus conselheiros consideram todas as opções adiante para seu próximo movimento", afirma a publicação.

O jornal Daily Mirror, por sua vez, também reforça a possibilidade de um "contrato final" para Rooney na CSL. O veículo destaca a atuação de jogadores conhecidos do futebol inglês na liga chinesa – casos de Robinho, Tim Cahill e Demba Ba, entre outros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos