Destaque na final contra o Santos, atleta da base quase deixou o Palmeiras

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Um jovem de 20 anos atua como titular em uma final para disputar o sexto jogo como profissional. Na decisão, o jogador dá conta do recado e torna-se uma das grandes promessas para a temporada seguinte. O roteiro teve o volante Matheus Sales como protagonista, virou realidade nesta quarta-feira, mas por pouco não aconteceu.

Isso porque o atleta revelado nas categorias de base do Palmeiras quase deixou o clube no ano passado. O destino seria o Internacional, que fez uma sondagem pelo jogador. O clube estaria disposto a pagar luvas e um salário maior ao volante.

Apesar disso, Matheus optou pela renovação de contrato com o Palmeiras (o vínculo se encerraria em dezembro de 2014). Segundo o irmão do jogador, Thiago Sales, a postura da diretoria alviverde - representada por Erasmo Damiani, ex-coordenador da base do Palmeiras, e André Sica, advogado do clube - também foi importante para a permanência.

"A gente se reuniu e a diretoria disse que tinha um projeto para ele. Pediu para ele ter paciência. E ele achou melhor ficar. Ele renovou, o Palmeiras acreditou nele. E este ano deu resultado", afirmou.

De acordo com Thiago, Matheus sempre pensou em ficar no clube. A ideia era receber uma oportunidade para saber como seria a reação em campo. Na base, o volante, que está no clube alviverde desde os 14 anos, era o capitão do time. O novo contrato de Matheus se encerra em dezembro de 2018. 

"O Palmeiras faz parte da minha vida. Estou conquistando muitas coisas agora e devo muito ao clube. Pretendo ajudar com mais títulos", afirmou o jogador, em entrevista ao UOL Esporte.

Chances 

O meio-campo do Palmeiras foi alvo de críticas nas últimas semanas. Com elas, havia dúvidas em relação ao jogador ideal para ocupar uma vaga como volante ao lado de Arouca. Sem Gabriel, contundido, o técnico Marcelo Oliveira chegou a escalar quatro jogadores para a função: Matheus Sales, Thiago Santos, Andrei Girotto e Amaral. 

Na segunda partida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Fluminense, coube a Matheus Sales exercer essa função, ao lado de Amaral. Nas duas decisões diante do Santos, Matheus voltou a ser titular.

Na partida de ida, o volante foi substituído no intervalo. Nesta quarta-feira, no Allianz Parque, atuou por 90 minutos e foi fundamental na marcação de Lucas Lima - o jogador santista pouco produziu no jogo. "Eu não esperava viver isso tão rapidamente, mas já estava preparado", disse Matheus.

No ano que vem, o atleta disputará vaga com Gabriel, que voltará aos treinos em meados de janeiro. O destaque dos últimos confrontos do Palmeiras iniciará uma temporada pela primeira vez no time profissional.

Em 2014, ele foi relacionado na equipe principal por Ricardo Gareca e Dorival Júnior. No começo deste ano, voltou ao time sub-20. Depois, estreou no profissional contra o Sport, no Pacaembu, dia 24 de outubro. Em apenas 40 dias, Matheus conseguiu erguer uma taça de campeão. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos