Eto'o faz três gols, mas mesmo assim termina xingado no Come-Fogo

Pedro Lopes

Do UOL, em Ribeirão Preto

Eto'o foi o grande nome do amistoso Come-Fogo, entre Botafogo e Comercial, nesta terça-feira (22), em Ribeirão Preto (SP). O atacante camaronês balançou as redes três vezes – duas pelo Botafogo e mais uma pelo Comercial. E ainda terminou xingado pelos torcedores quando trocou de lado no clássico do interior paulista.

Em jogo marcado por baixo público no estádio Santa Cruz, menos de quatro mil pessoas, com renda de 53 mil reais, o Botafogo e Comercial empataram em 3 a 3. Gaspar e Acleison fizerm os outros gols do Comercial, enquanto Tulio Souza marcou para o Botafogo.

A partida comemorativa ainda contou com a presença de Raí, que foi revelado em Ribeirão Preto. Wagner Mancini, ex-jogador e hoje técnico do Vitória, também festa parte da festa. E o ex-árbitro Salvio Espínola, hoje comentarista da ESPN, apitou a partida.

Raí e Sócrates

Raí esbanjou habilidade durante o Come-Fogo. Com a camisa 10 do Botafogo, o ídolo são-paulino foi o melhor jogador do primeiro tempo: deu passe de calcanhar, distribuiu o jogo com a mesma classe dos velhos tempos e deu até carrinho. Na etapa final, voltou com o número 8 às costas, em homenagem ao irmão mais velho Sócrates, que assim como ele foi revelado no Botafogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos