Trio do Real faz golaço, mas time empata e perde chance de alcançar o Barça

Do UOL, em São Paulo

O Real Madrid, com um a menos e fora de casa, empatou com Valencia em 2 a 2, na 18ª rodada do Campeonato Espanhol, e perdeu a chance de alcançar o rival Barcelona em número de pontos na competição.

Benzema, com um golaço em jogada com participação de Cristiano Ronaldo e Gareth Bale, abriu o placar, mas Dani Parejo, de pênalti, empatou ainda no primeiro tempo, aos 46 minutos.

Na metade final, aos 37, o Real voltou a estar na frente do marcador, com gol de cabeça de Bale. Logo no minuto seguinte, Paco Alcácer frustrou os merengues, também em lance de bola aérea.

O clube da capital espanhola chegou aos 37 pontos. O Barcelona, que também empatou na rodada - 0 a 0 contra o Espanyol -, tem 39. A liderança é do Atlético de Madri, que soma 41. 

Vale lembrar que o Barcelona tem um jogo a menos na competição, devido à disputa do Mundial de Clubes, no Japão. O compromisso contra o Sporting Gijón será cumprido no dia 16 de fevereiro. 

O Real Madrid, na próxima rodada, recebe o Deportivo La Coruña, no sábado (09). Já o Valencia, que não vence há 7 partidas consecutivas, visita a Real Sociedad. 

Final de tirar o fôlego

O 2 a 2 não agradava a nenhum dos times, que se lançaram ao ataque sem se preocupar com esquema tático. A sequência de lances a partir do minuto 46 da etapa final comprova.

Tudo começou com Marcelo, lateral brasileiro do Real, que dominou bola na área, livre, mas demorou para finalizar e foi travado. Escanteio. Após a cobrança, Cristiano Ronaldo pediu pênalti - não marcado. 

O contragolpe do Valencia foi bem construído. Negredo saiu cara a cara com Navas, mas chutou em cima do goleiro, que salvou o time visitante. No rebote, André Gomes finalizou para fora.

E então, aos 47, foi de novo a vez do Real: Bale invadiu a área sem marcação, puxou a bola para o pé bom, o esquerdo, e bateu forte - o tiro passou por cima da meta e a partida terminou empatada. 

Provocação

Karin Benzema foi substituído no segundo tempo, aos 22 minutos, para entrada do garoto Lucas Vásquez. Na saída de campo, ouviu da torcida rival gritos de "Valbuena".

A provocação faz referência ao suposto caso de chantagem em que o francês cobrou dinheiro do companheiro de seleção para não divulgar vídeo íntimo do atleta.

O jogo

Foi o Valencia quem exerceu pressão no início da partida e teve a primeira chance de gol, com Dani Parejo, que aproveitou cruzamento de escanteio e testou firme – a bola passou perto da trave esquerda da meta, aos 11 minutos.

Mas o trio do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, Garth Bale e Benzema, respondeu rápido. Aos 16, o francês finalizou rasteiro, no canto direito do goleiro, após triangulação com os companheiros de ataque. Um golaço.

Outra vez de cabeça, o Valencia voltou a assustar aos 31, com Cancelo. Logo depois, André Gomes, na área, e com liberdade, também desperdiçou chance.

Os anfitriões já eram melhores quando, aos 46, Pepe aprontou das suas. Pênalti infantil em André Gomes, convertido por Dani Parejo.

Com empate no placar, o Valencia se viu solto para arriscar mais e foi superior na metade final. Aos 18 minutos, na melhor oportunidade, Gomes arriscou de longe e obrigou Navas a fazer defesa estranha, cedendo escanteio.

O Real reclamou de pênalti em lance polêmico, aos 23, sobre Cristiano Ronaldo. Na sequência, Kovacic recebeu o vermelho. Mesmo assim, o clube teve força para voltar à liderança do marcador, aos 37 minutos, com gol de cabeça de Bale, após cruzamento vindo de Toni Kroos, da direita, em cobrança de falta. 

A alegria durou pouco. No minuto seguinte, Paco Alcácer, também de cabeça, empatou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos