Fã de Prass, novo goleiro do Palmeiras avisa: "Espero fazer sombra"

Do UOL, em São Paulo

Um goleiro de 26 anos, herói de um título paulista com o Ituano e titular do Avaí no último Campeonato Brasileiro. Vagner foi contratado pelo Palmeiras com esses atributos e tentará, a partir desta semana, ganhar a posição de reserva imediato de Fernando Prass.

O reforço palmeirense para a temporada 2016 busca, inclusive, seguir os passos de Prass. De algum modo, pelo menos no começo da sua trajetória no futebol, Vagner já conseguiu. Em 2014, assim como fez Prass na Copa do Brasil, ele parou o Santos nos pênaltis, também em uma decisão de campeonato.

Naquela ocasião, Vagner deu o título do Paulistão ao Ituano depois de defender o chute do zagueiro Neto, na última cobrança santista. O time do interior, que já vencia por 7 a 6, pôde, então, dar a volta olímpica em pleno Pacaembu.

Para chegar à decisão do Paulista, o Ituano eliminou o Palmeiras na semifinal, também no Pacaembu, em jogo único. E Vagner, mais uma vez, foi decisivo ao fazer ao menos duas defesas importantes. No fim da partida, a equipe de Itu conseguiu balançar a rede e avançar.

O confronto entre Vagner e Palmeiras ainda foi marcado pelo encontro com Fernando Prass. O camisa 1 alviverde deixou o campo machucado no intervalo, quando o placar ainda apontava 0 a 0.

"É um grande goleiro, já acompanho desde a época do Vasco. Sempre faz bons jogos. Sou fã pelo exemplo que ele é, um líder dentro de campo e uma grande pessoa fora dele. Vai ser uma honra trabalhar com ele, vou aprender muito. Espero fazer sombra para ele dentro de campo, e quando tiver oportunidade corresponder à altura", disse Vagner ao site oficial do Palmeiras.

Disputa por espaço

No Palmeiras, Vagner terá três concorrentes para a posição de reserva imediato de Prass: Jailson, Fábio e Vinicius Silvestre. Em 2015, o goleiro titular foi substituído em quatro partidas. Jailson e Aranha, que deixou o clube, tiveram uma chance cada. Fábio, por sua vez, entrou em campo nos últimos dois jogos do Campeonato Brasileiro.

A tendência, porém, é que Vagner dispute a condição com Jailson -- o goleiro, que chegou ao Palmeiras ainda na temporada 2014, passou por uma cirurgia no tendão do pé direito e voltará as atividades na pré-temporada. Desse forma, Vagner terá mais chances de entrar em campo.

"Estou sendo contratado em um momento de consolidação, campeão da Copa do Brasil, classificado para a Libertadores. É um sonho pessoal jogar esse torneio, e já vou conseguir realizá-lo logo no meu primeiro ano de Palmeiras", explicou.
 
No futuro, a disputa deve ser menos acirrada. Jailson, que completará 25 anos em julho, tem contrato com o clube até dezembro deste ano. Prass, que fará 38 anos em 2016, tem vínculo com o Palmeiras até o fim de 2017. Já Vagner assinou por quatro temporadas.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos