Argel 'All Star', NBA e Disney: Inter tem agenda lotada na Florida Cup

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Heloísa Dall'Antonia/UOL

    Inter vai participar de uma edição do Disney Parade, como a que desfila Mickey Mouse

    Inter vai participar de uma edição do Disney Parade, como a que desfila Mickey Mouse

O Internacional estará atarefado na Florida Cup. São muitas atividades fora de campo durante a participação no torneio amistoso nos Estados Unidos. Autógrafos, ação de marketing na NBA e na Disney, reunião com torcedores, tudo para levar a marca do clube a um mercado que soa muito interessante. 

Mas segundo os responsáveis pela viagem, o principal foco é os treinamentos. O grupo de jogadores ficará atento apenas ao trabalho de campo, com jogos e atividades realizados no Complexo da ESPN, em Orlando. 
 
"É a estrutura utilizada pelo Corinthians em 2015, pelo Cruzeiro nos dois anos antes. No mínimo dá sorte. Não é certeza de conquista, mas é extremamente apropriado para um bom trabalho. Conheci a estrutura e tivemos alternativas de locais de treino. O Inter foi muito bem recebido e não tivemo dúvida que o Complexo da ESPN foi extremamente adequado para um trabalho fantástico. Campo, academia, laboratório,tudo de primeira qualidade", disse o vice de marketing do Inter. "Quando procuramos o Inter, trouxemos o trabalho de prospecção de CT para seleções durante a Copa do Mundo", completou Fábio Ruaro, da Sports Makt, empresa que levou o Inter para a competição. 
 
E separado do futebol, uma série de atividades acontecerão. Alisson, que viaja no dia 7 antes dos demais jogadores, participa de uma coletiva no dia 8 e de um torneio de lances livres com os pés em intervalo do jogo entre Orlando Magic e Washington Wizards, pela NBA, no dia 9. O mascote do clube, Saci, também estará presente. E será apenas o começo.
 
Argel é o eleito pelo clube para participar de um jogo festivo chamado 'All Star Game'. Mas a presença é incerta por uma lesão. "Eu acho que ele está querendo manter uma boa imagem de quando enfrentou o Ronaldo, em um Benfica contra Real Madrid. Não quer este reencontro. Mas será um amistoso festivo, como ocorre em tantos lugares. O Argel é nosso eleito", disse Nuñes.
 
Em ao menos dois momentos, os jogadores encontrarão a torcida. Serão jantares e sessões de autógrafos e atividades para contemplar os aficionados que moram nos Estados Unidos e não tem a possibilidade de ver o Inter de perto. Haverá também um painel de debate sobre o futebol com diretores de todas as agremiações que disputam o torneio.
 
Tudo se completará com uma carro em desfile na Disney. No dia 15, um veículo logotipado do clube com jogadores presentes passará pelo chamado 'Disney Parade'. Lá exibirá a marca do Internacional. 
 
A cada jogo, uma espécie de concentração promete unir torcedores em um restaurante para confraternização. A promessa é que algum atleta esteja presente. "Que não participe da partida, claro", completou o diretor. 
 
Enquanto isso, produtos do clube já estão sendo comercializados em solo norte-americano. "Devemos ter algum lucro neste primeiro ano, mas certamente isso vai crescer mais nos próximos dois anos que temos de contrato co a Florida Cup", detalhou. 
 
A expansão da marca é um dos pilares da ida para os Estados Unidos. A Florida Cup não paga para os clubes disputarem o torneio, mas divide cotas de televisão, paga parte da hospedagem e passagens para delegação, libera para que o clube trabalhe atrás de patrocínios e ainda faça qualquer atividade usando o nome da Copa como base. E é isso que o Internacional está tentando propor. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos