Milton Cruz deixa de ser auxiliar do SP e vira analista de desempenho

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Cavallari-11.nov.2015/Folhapress

    Milton durante treino do São Paulo; auxiliar que foi interino várias vezes mudou de cargo

    Milton durante treino do São Paulo; auxiliar que foi interino várias vezes mudou de cargo

Auxiliar-técnico do São Paulo há mais de duas décadas, Milton Cruz trocará de função no começo de 2016. Nesta terça-feira, o clube anunciou, por meio de seu site oficial, que o ex-atacante vai virar analista de desempenho, com a responsabilidade de avaliar e captar novos jogadores para o elenco tricolor. 

"Mudanças são sempre positivas para construir um ambiente desafiador e dinâmico, justamente a mentalidade que desejamos implementar no São Paulo como um todo. Profundo conhecedor do clube que é, temos certeza de que o Milton é o nome ideal para conduzir esse novo departamento, que será de enorme importância para desenvolver o nosso projeto para o futebol", disse Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, presidente do São Paulo. 

A decisão representa o afastamento de Milton do dia-a-dia do futebol profissional pela primeira vez desde 1994, quando ele foi contratado para a comissão técnica. Neste período, ele foi auxiliar de vários treinadores de peso que passaram pelo Morumbi e assumiu diversas vezes a função de técnico do clube na condição de interino. Na última delas, no fim de 2015, ajudou o clube a conseguir a vaga na Libertadores deste ano. 

A troca de função de Milton Cruz é apenas uma das mudanças que o São Paulo anunciou em sua comissão técnica. Rene Weber, auxiliar de Paulo Autuori no clube em 2013, vai assumir a função de coordenador técnico, trabalhando diretamente com Edgardo Bauza. Além da experiência com o técnico campeão mundial em 2013, Weber também já comandou a seleção sub-20 em 2004 e 2005, além de ter tido passagens como técnico de Figueirense e Criciúma. 

A outra alteração é a saída de Haroldo Lamounier, preparador de goleiros que trabalhou diretamente com Rogério Ceni, com quem mantinha ótima relação, desde 2003. A partir de agora, ele irá trabalhar nas categorias de base do clube. Carlos, ex-goleiro de Corinthians, Ponte Preta e seleção brasileira, que trabalhava em Cotia desde 2012, foi alçado ao profissional. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos