SP fecha contrato com Lugano e aguarda rescisão para anunciar retorno

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo chegou a acordo contratual com Diego Lugano e seu agente, Juan Figer, e aguarda reunião do zagueiro uruguaio com a diretoria do Cerro Porteño, marcada para esta terça-feira, no Paraguai, para trocar documentos e sacramentar o retorno do ídolo ao Morumbi.

"É essa a informação: estamos aguardando lá, se lá acontecer a rescisão nós temos já com ele e com o estafe dele tudo acertado", disse o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, ao UOL Esporte.

Diego Lugano faltou à reapresentação do Cerro Porteño no último domingo e se reapresentou na noite de segunda-feira. Nesta terça-feira, o jogador deixou o treino e foi cortado da pré-temporada do clube. Lugano vai se reunir com o presidente da agremiação, Juan José Zapag, durante a tarde. Questionado, Leco afirma que a reunião no Paraguai está conectada ao São Paulo.

"Tem tudo a ver com o São Paulo. Se ele estiver com a rescisão feita, a partir do momento que a liberação estiver feita e nós pudermos fazer o registro dele, vamos fazer. É isso, são trâmites. Se ele rescindir lá, ele vem. Depende dele lá", falou o presidente do São Paulo.

Apoiado em interpretação feita por Juan Figer, o São Paulo entende que o contrato de Lugano com o Cerro Porteño tem uma cláusula que permite que o jogador deixe o clube sem necessidade de indenização - ou seja, sem que o São Paulo precise pagar - caso receba uma oferta salarial superior à que recebe no Paraguai, de 70 mil dólares (R$ 280 mil, aproximadamente).

O Cerro Porteño fechou 2015 afirmando que Lugano não deixaria o clube, mas neste início de 2016 já admite tal possibilidade. O presidente Juan José Zapag afirmou em entrevista coletiva que a permanência do zagueiro no clube não é certa. "Estamos à espera do jogador e de seu representante. Nossa política é de segurá-lo, mas temos que ver também o ponto de vista do jogador. Sua continuidade está em dúvida", disse.

Segundo pessoas ligadas ao jogador, Lugano e Juan Figer se encontraram na segunda-feira, no Uruguai, para conversar sobre como abordar o tema em reunião com o Cerro Porteño, no Paraguai.

A decisão de tentar contratar Lugano foi definida no São Paulo depois de reuniões sobre o que o zagueiro poderia acrescentar e quais seriam os possíveis problemas em seu retorno. Desde o início, os pontos favoráveis ao retorno do ídolo foram o poder de liderança e o comprometimento exemplar com o clube. Contrário a ele havia a desconfiança sobre suas condições física e técnica e a possível pressão que seu retorno exerceria sobre o novo técnico – como lidaria com pedidos da torcida para escalar o uruguaio a qualquer custo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos