Renato Augusto pede desculpas no adeus: "não tinha como dizer não"

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Edilson Dantas/Folhapress

Renato Augusto está de saída do Corinthians. Em entrevista coletiva, o jogador confirmou que irá se transferir para China após proposta irrecusável do Beijing Guoan por três anos de contrato. 

"A minha ideia inicial era ficar. Tinha uma proposta muito boa da Alemanha, pensei em ficar, o Tite pesou um pouco naquele momento, mas depois que chega uma proposta irrecusável. Eu falava para meus amigos que preferia que não chegasse, mas eu tenho que pensar na minha família e no meu futuro. Eu tenho que pensar atrás, meu histórico de lesões. Depois pensa na família. A família entendeu e me apoiou nisso. Não tinha como falar não", falou o jogador. 

O agora ex-jogador do Corinthians ainda ressaltou o bom momento do mercado chinês, como justificativa para a mudança. "Hoje mercado está bem financeiramente é o chinês. Vem no Brasil e vai procurar melhor time no momento. Hoje é o Corinthians. Talvez por isso tenha muita proposta. Agora começa nova fase, passa aqui por outros anos e deu certo. Maior torcida vai continuar sendo. Vou ficar na torcida", analisou o atleta. 

Renato Augusto conversou com Gilmar Rinaldi

Tudo isso eu pesei, na hora tive de pesar, foi decisão difícil, tem de tomar decisão rápido. Poucos dias para pensar. Acabei de falar, me preparar se tiver oportunidade estar bem. Então, espero estar bem, caso tenha oportunidade novamente. (...) Encontrei Gilmar Rinaldi (diretor de seleções) por acaso, até me perguntou, estava no restaurante do lado da minha casa. Falei com ele e me passou isso de estar bem, bem fisicamente, vou procurar me manter e trabalhar responder em alto nível.

Treinar dobrado para seguir na seleção

É um risco que eu pesei antes de aceitar e por isso quero treinar mais que os outros, de repente, como sempre fiz. Vou procurar estar bem fisicamente com os outros para estar bem e no nível de quem está jogando lá. É difícil, foi escolha que eu fiz e agora tenho que correr atrás. 

Pedido de desculpa aos torcedores

Torcedor age na emoção. Tem muitos que me xingam e muitos que me entendem. Eu só tenho a agradecer o torcedor. De uma forma geral me apoiaram. Por esse lado tenho até de pedir desculpa ao torcedor, por não dar continuidade ao trabalho legal que vínhamos fazendo.

Diferenças táticas para o Corinthians em 2016

É o sentimento de quando um filho sai de casa. Para ele ficou o sentimento ainda maior de perda por ter achado um esquema que encaixou perfeitamente, de repente ter de desmontar. O Tite é acima da média. Tenho certeza que ele vai montar um bom time esse ano. 

Conselho para Alexandre Pato

Nosso grupo é muito bom. Por isso passamos por tudo que passamos. Não importa quem chega ou sai. Aqui vai sempre ter esse ambiente e ele será tratado da melhor forma. Ele fez uma temporada 2015 muito boa e não vai ter nenhum problema quanto a isso. Corre, dá carrinho, bota a bunda no gramado. Termina o jogo com cãibra. É isso que o torcedor quer. 

Ralf também a caminho do clube chinês

É um amigo pessoal que tenho, ficaria feliz que fosse do mesmo time que eu. Ele tem história maravilhosa no Corinthians. Se ele for, vai fazer falta aqui. Cabe a ele achar o que é melhor. Ele e os empresários dele vão saber escolher. 

Tite, o melhor com quem trabalhou

Sentimento para ele é de um pai perdendo o filho que sai de casa. É situação realmente difícil. Para ele ficou sentimento de perda ainda maior por ter encaixado meio-campo tão forte, esquema que encaixou perfeitamente e ter que desmontar. Ele é acima da média, vai mexer pauzinhos e montar grande time esse ano. Pela leitura de jogo, pela montagem do time, por entender o jogador, para mim o Tite é o melhor com quem trabalhei. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos