Presidente do Cruzeiro revela acordo da Primeira Liga com a CBF para 2017

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Wahington Alves/Light Press

    Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro, revela acordo da Liga com a CBF para 2017

    Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro, revela acordo da Liga com a CBF para 2017

A Primeira Liga se tornará uma competição com a chancela da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a partir de 2017. Pelo menos é isso que garante Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro. Na tarde desta quinta-feira, durante as apresentações de Rafael Silva e Douglas Coutinho, ele revelou que houve uma aproximação dos organizadores do torneio com a cúpula da entidade que rege o futebol no país.

Segundo o mandatário da agremiação mineira, há uma promessa da CBF para oficializar o torneio a partir do próximo ano, adequando o calendário às competições das federações estaduais e nacionais.

"A CBF tem todo o interesse em apoiar a Liga. (A CBF) Já nos garantiu que será um torneio oficial em 2017, mas nesse ano de 2016 não tinha como a CBF mudar o calendário dela, até porque ela tem prazo para mudar isso", declarou.

O dirigente explica que, em 2016, a competição será considerada amistosa por conta da demora para a organização das datas.

"A CBF não pode considerá-la, em 2016, como uma competição oficial da CBF, porque não tivemos tempo de formar a Liga e incluir os jogos no calendário da CBF. Quando conseguimos formatar a Liga, o calendário oficial da CBF havia sido publicado e não tínhamos datas para disputar a Liga. A competição você não pode mudar ao bel prazer dos clubes. Precisa de um prazo, o estatuto do torcedor exige. Os campeonatos já estavam formatados, Brasileiro, Copa do Brasil... E comportavam as datas. Tivemos que mudar o formato, inclusive, da nossa competição", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos