Reforço que irritou comissão técnica deixa Corinthians após 33min em campo

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Agência Corinthians

    Lincom (à direita) é campeão brasileiro pelo Corinthians e também deixou o clube

    Lincom (à direita) é campeão brasileiro pelo Corinthians e também deixou o clube

O centroavante Lincom é uma ausência praticamente imperceptível em meio a tantos jogadores de saída do Corinthians. Devolvido para o Bragantino ao fim de seu empréstimo, ele causou alívio em membros da comissão técnica que torceram o nariz para a contratação.

Tite, por praticamente cinco meses, pediu a contratação de um centroavante que fosse capaz de substituir Paolo Guerrero. Aprovou o nome de Jonathas, do Elche-ESP, fez planos para ter Teo Gutiérrez, que foi para o Sporting-POR, e acabou com o grandalhão Lincom, goleador do clube do interior paulista há alguns anos.

Ao contrário de Lucca, que foi apresentado a seu lado e virou talismã nas rodadas finais do Brasileirão, Lincom não caiu nas graças do treinador. Participou de apenas três partidas, sendo duas após a confirmação do título nacional. Ao todo, foram 33 minutos em campo, sem conseguir impressionar os corintianos.

Grandalhão, e naturalmente forte pelo jogo aéreo, Lincom não se destacou por ter um jogo excessivamente lento e por estar tecnicamente abaixo da média do elenco corintiano de 2015. Demonstrou empenho nos treinamentos, mas não conseguiu agradar. 

Em parte da comissão do Corinthians, a quantidade de contratações do Bragantino causa descontentamento. Além de Lincom, em 2015, o clube já apresentou três jogadores que estavam na equipe parceira durante a última Série B: o goleiro Douglas, o meia Alan Mineiro e o lateral Moisés. Este último já havia sido comprado em maio do ano passado e foi cedido por empréstimo. 

Nos últimos anos, o Corinthians conseguiu sucesso com três jogadores adquiridos do Bragantino. O volante Paulinho, o atacante Romarinho e, mais recentemente, o zagueiro Felipe. 

Sem Lincom, o Corinthians busca ainda atacantes de área para agradar Tite. Sem Vagner Love, que surpreendentemente se transferiu para o Monaco-FRA, a carência é dobrada. O clube já tem pré-contrato com André, do Atlético-MG, mas tenta a liberação do jogador ainda em janeiro. Um novo atacante deve ser adquirido. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos