Por que R. Marques é tão desejado pelo Palmeiras mesmo sendo reserva

Do UOL, em São Paulo

  • MARCOS CUNHA/AGÊNCIA FREE LANCER/ESTADÃO CONTEÚDO

    Rafael Marques marca o gol de empate do Palmeiras contra o Internacional pela Copa do Brasil

    Rafael Marques marca o gol de empate do Palmeiras contra o Internacional pela Copa do Brasil

Rafael Marques caiu de produção, e acabou se tornando reserva do Palmeiras na reta final da temporada passada. Para 2016, o alviverde ainda trouxe Erik, mas continua enfrentando uma dura negociação com o Henan Jianye, da China, para manter no elenco o atacante, vice-artilheiro do time em 2015. Apesar de ter muitas opções pro ataque (como Gabriel Jesus, Barrios, Dudu e Alecsandro, entre outros), o time alviverde não desiste de contar com um de seus xodós.

A impressão deixada por Rafael na Academia de Futebol, seus gols, suas atuações em clássicos e sua versatilidade são alguns dos motivos que levam o Palmeiras a brigar por sua permanência mesmo com as muitas op. Os chineses pedem 1,5 milhão de dólares. Veja porque o atacante é tão desejado.

Gols em clássicos

O motivo mais óbvio está nos gols: Rafael foi vice artilheiro  do time na temporada, com 15 gols. Mais importante do que isso, é que cinco destes gols foram em clássicos: três contra o São Paulo, dois contra o Corinthians. O atacante também marcou em jogos difíceis contra Internacional, Cruzeiro e Fluminense, em jogos eliminatórios da Copa do Brasil.

Versatilidade

Para a comissão técnica alviverde, Rafael pode atuar em qualquer uma das quatro posições ofensivas: pelo meio, aberto em qualquer uma das pontas ou avançado, como centroavante. Forte no jogo aéreo, o jogador em como característica voltar e ajudar na marcação.

Identificação

Ao longo da temporada, o atacante construiu uma identificação com o Palmeiras – nos confrontos contra o Santos, foi um dos jogadores que mais tomou as dores pelas provocações de Ricardo Oliveira (e devolveu, depois, usando uma máscara do atacante rival). Passou a ser considerado pela torcida uma espécie de talismã.

Profissionalismo

Além disso, Rafael Marques é considerado dentro do Palmeiras uma boa influência no grupo, principalmente para os jogadores mais jovens. Profissional e dedicado nos treinos, sereno com a decisão do treinador de tirá-lo da equipe, ainda quando era o artilheiro do clube na temporada.

Concorrência de outros clubes

Os bons momentos que teve na temporada fizeram Rafael ser sondado por outros times, como Santos e Grêmio. Manter o jogador é também uma forma de evitar que os rivais fiquem mais fortes.

Permanência

A última oferta alviverde foi rejeitada pelo Henan Jianye – o clube paulista melhorou a oferta, mas não quer pagar o 1,5 milhão de dólares pedido pelos chineses. O caso deve ter um desfecho nos próximos dias. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos