Sem artilheiros, São Paulo espera resposta por Kieza nesta segunda-feira

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

Além de esperar para esta segunda-feira (11) a rescisão contratual que permitirá que Diego Lugano viaje ao Brasil para assinar contrato, o São Paulo também aguarda para as próximas horas uma resposta pela possibilidade de contratar o atacante Kieza, 29, que pertence ao Shanghai Shenxin, da China. A equipe precisa de Kieza para suprir as ausências dos artilheiros do time em 2015, Alexandre Pato e Luis Fabiano, que não estão mais no elenco.

Apesar de o estafe do jogador afirmar que a primeira proposta são-paulina foi recusada pelo clube chinês, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva – o Leco – afirma que não houve recusa: "Nós estamos em tratativas. A proposta não foi recusada, na segunda isso vai ter andamento", disse Leco, ao UOL Esporte, no domingo (10).

Kieza passou as últimas duas temporadas emprestado ao Bahia e se destacou em 2015 na disputa da Série B. Foram 29 gols na temporada, mais do que os 26 gols marcados por Pato pelo clube no ano e mais do que o dobro de Luis Fabiano, que balançou a rede 13 vezes. Kieza é visto como opção para a reserva de Alan Kardec, que pouco jogou no ano passado por ter passado seis afastado devido a uma lesão no joelho, mas tido como alternativa para rodar o elenco no setor ofensivo.

O São Paulo precisa de Kieza porque ainda não concretizou nenhuma contratação para o setor ofensivo e pouco conseguiu até aqui no mercado de transferências. Entre o fim de 2015 e o início de 2016, a única contratação anunciada foi a do lateral esquerdo chileno Eugenio Mena, 27, contratado por empréstimo sem custos até o fim do a no – o São Paulo paga os salários – em negociação com o Cruzeiro.

Assim como Mena, a possibilidade de contratar Kieza passa pelo departamento de análise de desempenho do clube, que tem cada vez mais importância dentro do departamento de futebol. O diretor executivo Gustavo Vieira de Oliveira já mostrou que as decisões no São Paulo agora passam por uma análise de como cada indivíduo se encaixa no âmbito coletivo, e não só das características individuais – até o técnico argentino Edgardo Bauza, contratado dias antes do Natal, passou por tal análise.

O Bahia também se esforça para contar com Kieza, mas já fez três propostas ao Shanghai Shenxin e não conseguiu avançar na negociação. Foram duas propostas de empréstimo e uma proposta de compra parcial dos direitos econômicos – todas foram recusadas, segundo o estafe do jogador.

Diego Lugano, 35, espera ter nesta segunda-feira a confirmação de que teve o contrato com o Cerro Porteño rescindido. Segundo Leco, o São Paulo chegou a um acordo com o clube paraguaio no fim de semana pela realização de um amistoso – provavelmente no próximo dia 20 – no Paraguai como compensação pela saída do zagueiro uruguaio. Lugano está em Montevidéu, no Uruguai, já treina com camisa do São Paulo, e se despediu do Cerro na última quarta-feira, quando anunciou o retorno ao Morumbi depois de dez anos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos