Ameaçado, Van Gaal admite 'jogos chatos' do Manchester United

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Darren Staples

    Técnico mostrou se aborrecer com partidas do Manchester United

    Técnico mostrou se aborrecer com partidas do Manchester United

O técnico Louis van Gaal vive uma situação desconfortável no Manchester United. Com a quinta colocação no Campeonato Inglês e a eliminação na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, o holandês vê seu cargo em risco. E mais do que isso: o próprio Van Gaal sabe se aborreceu com algumas apresentações de seu time.

"Em algumas partidas, eu me diverti. Contra o Chelsea, por exemplo, eu me diverti, mas empatamos por 0 a 0 e poderíamos ter perdido. Em outras, eu fiquei aborrecido ou bravo, porque não conseguimos desorganizar a defesa de nossos oponentes", admitiu, pouco animado, em declarações divulgadas pela imprensa inglesa nesta terça-feira.

"Mas isto é o futebol. Não será em toda partida que todo time irá jogar de maneira fantástica, com um futebol que atrai as pessoas", acrescentou.

No sábado, pela Copa da Inglaterra, o Manchester United venceu o Sheffield por 1 a 0, graças a um gol de pênalti nos acréscimos. Mesmo assim, o time foi vaiado pela torcida.

Van Gaal, por sua vez, deu razão aos torcedores. "Aquilo foi uma expressão dos fãs, e isso é bom. Os jogadores ficaram frustrados, e os torcedores ficaram frustrados. Mas os fãs tambem precisam saber que não podemos jogar sempre um futebol fantástico", avaliou, segundo o jornal The Guardian.

Mesmo para quem está de fora do time, o ambiente parece ruim. "Não há sorrisos, não há diversão", disse Paul Scholes, ex-meio-campista da equipe, segundo o site da BBC. "Até mesmo Van Gaal parece enfadado. Mas se você perguntar, ele dirá que está feliz", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos