Lateral que já foi o melhor do país hoje briga para ser titular do Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Mayke terminou a última em baixa e briga para recuperar sua condição de titular

    Mayke terminou a última em baixa e briga para recuperar sua condição de titular

Bicampeão brasileiro com o Cruzeiro, o jovem Mayke já esteve próximo de deixar o clube rumo à Europa. Eleito o melhor lateral na temporada de 2013, o jogador ainda é uma das recentes revelações das categorias de base celeste e um dos possíveis pilares de Deivid nesta temporada. Contudo, a vaga no lado direito do campo já não está tão assegurada como antes. Após perder a condição de titular na reta final de 2015, nem mesmo a saída do veterano Ceará o fez recuperar o posto. Pelo menos por enquanto, Fabiano, antes segundo reserva, saiu na frente por na corrida por uma vaga no time.

Nos primeiros treinos táticos orientado por Deivid, desde o final de semana, Fabiano figurou na equipe principal. Apesar de ter saído atrás na corrida pela titularidade, Mayke ainda terá mais alguns dias para conquistar a confiança de Deivid e recuperar o futebol dos últimos anos. Antes de iniciar o calendário de jogos, o Cruzeiro ainda fará um amistoso contra o Rio Branco-ES, no dia 20, em Vitória.

"Não só eu, mas toda a nossa equipe não iniciou bem o ano passado. Tivemos altos e baixos, mas felizmente no final conseguimos uma arrancada, tivemos muita evolução e grandes atuações", comentou.

O jovem foi promovido por Marcelo Oliveira ao elenco profissional em 2013, ano em que terminou campeão e venceu a premiação da Bola de Prata como melhor lateral direito do país. Coincidentemente, o desempenho de Mayke começou a ser questionado após o nome do jogador ser ventilado em times da Europa, como a dupla portuguesa Porto e Benfica. Isso aconteceu após o segundo título brasileiro em sequência, em 2014. Na época, a venda de Mayke foi especulada em torno de oito milhões de euros, mas o presidente Gilvan de Pinho Tavares exigiu um pagamento 'decente' pelo garoto. Superada as especulações, Mayke tem agora a tarefa de voltar o foco para o futebol e tornar a apresentar o futebol de antes.

"Pensei muito. Procurei descansar bastante, fiquei mais tempo com a família e tenho certeza de que esse ano vai ser bem diferente não só para mim, mas para todo o time. Aprendi muito com os erros, vou me concentrar ao máximo e trabalhar muito para não cometê-los de novo".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos